Tabu palmeirense no Independência anima Leonardo Silva para duelo do Atlético-MG

Atlético-MG e Palmeiras se enfrentaram seis vezes desde a reinauguração do estádio Independência, em Belo Horizonte, em 2012. O time…


Atlético-MG e Palmeiras se enfrentaram seis vezes desde a reinauguração do estádio Independência, em Belo Horizonte, em 2012. O time mineiro venceu quatro delas e outras duas terminaram com um empate. Estes números animaram o zagueiro Leonardo Silva para o duelo deste domingo, às 17 horas, pela 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“A gente tem que criar essa atmosfera, a gente conta com a torcida, a gente espera manter essa histórico. Neste jogo é importantíssimo a presença da torcida, que ela contribua. Sei como é nossa torcida, espero o melhor dela, assim como ela espera o melhor do time. Nesse jogo, vai combinar. Nossa torcida vai apoiar. A fase não é boa, mas precisamos do torcedor. Do carinho, da força e do medo que eles colocam no adversário para que a gente seja forte dentro de campo nesses 90 minutos importantíssimos para nós”, disse o capitão atleticano.

O experiente jogador, de 39 anos, tem uma receita para que o time volte a vencer e interrompa o jejum de vitórias, que já alcança cinco jogos. “Tentar ficar um pouco mais com a bola, ter mais eficiência no ataque e aproveitar o clima favorável do Independência”. No jogo anterior, a torcida apoiou, mas o time acabou derrotado pelo Grêmio.

O técnico Levir Culpi, que ainda não venceu nesta sua quinta passagem pelo clube – foram três derrotas -, não deverá divulgar o time até o dia do jogo. Sua maior dúvida está no meio de campo. O equatoriano Cazares disputa uma vaga com o uruguaio David Terans.

Um provável time do Atlético-MG para enfrentar o Palmeiras pode formar com: Victor; Emerson, Léo Silva, Maidana e Fábio Santos; Adilson, Elias, Luan, David Terans (Cazares) e Chará; Ricardo Oliveira.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!