Sem Neymar e Mbappé, Paris Saint-Germain empata com penúltimo colocado do Francês


O Paris Saint-Germain viveu um sábado de fortes emoções. Sem Neymar e Mbappé, o time da capital da França empatou por 4 a 4 com o Amiens, penúltimo colocado do Campeonato Francês, fora de casa. O PSG chegou a estar perdendo por 3 a 0, virou o jogo e acabou levando o gol de empate nos acréscimos do segundo tempo.

Os dois principais astros do PSG foram preservados pelo técnico alemão Thomas Tuchel para a partida contra o Borussia Dortmund, na terça-feira, em Dortmund, pela rodada de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa.

O tropeço não chegou a ser um grande problema para o PSG na classificação do campeonato nacional. A equipe parisiense lidera com 62 pontos, 13 a mais do que o Olympique de Marselha, que neste domingo vai enfrentar o Lille, fora de casa, e poderá reduzir sua desvantagem para 11 pontos. O Amiens, com 21, continua na penúltima colocação.

O primeiro tempo foi um pesadelo para o PSG. Logo aos quatro minutos, Guirassy recebeu um passe de Kakuta e chutou por baixo do goleiro Navas para abrir o placar. Aos 28, uma bela jogada do ataque do Amiens terminou com um forte chute de Kakuta, sem chance para Navas. E teve mais: Diabate recebeu de Kakuta e marcou com um chute cruzado o terceiro tento dos anfitriões.

A coisa só não ficou pior para os líderes porque Herrera, depois de uma cobrança de escanteio, fez o primeiro gol parisiense pouco antes do intervalo.

O PSG empatou a partida na etapa final com dois lances praticamente idênticos, aos 14 e aos 19 minutos: escanteio para a área do Amiens e cabeçada de Kouassi. O zagueiro, que é reserva, acabou se tornando um herói improvável para a equipe de Paris, que virou o jogo com um gol do atacante argentino Icardi. Ele recebeu um preciso cruzamento de Bernat e apenas empurrou a bola para a rede.

Parecia que o PSG conquistaria a sua quinta vitória consecutiva no Campeonato Francês (a nona em todas as competições), mas aos 45 minutos a defesa visitante dormiu no ponto e Guirassy se viu cara a cara com Navas. Ele não desperdiçou a chance e decretou o empate entre o líder e o penúltimo colocado.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora