Sem mistério, Flamengo joga no Equador para recuperar pontos perdidos em casa

O Flamengo entra em campo nesta quarta-feira, diante do Emelec, em busca de sua primeira vitória na edição de 2018…


O Flamengo entra em campo nesta quarta-feira, diante do Emelec, em busca de sua primeira vitória na edição de 2018 da Copa Libertadores. Mesmo atuando no estádio George Capwell, em Guayaquil, no Equador, o técnico Paulo César Carpegiani sabe da necessidade de um resultado positivo para recuperar os pontos perdidos no empate da estreia, em casa, com o River Plate.

O próprio Carpegiani ressaltou a “obrigação de vencer” do Flamengo, justamente pelos pontos perdidos na estreia. Em 2017, a equipe acabou eliminada ainda na primeira fase por não pontuar fora de casa. Na ocasião, somou nove pontos no Rio, enquanto sequer conseguiu um ponto longe de sua torcida.

“A Libertadores é um campeonato à parte, jogos difíceis dentro e fora de casa. Tivemos uma estreia em que fomos prejudicados, mas já passou. Temos um duelo com uma boa equipe, com a obrigação de vencer”, declarou o treinador.

Campeão da Taça Guanabara, o Flamengo perdeu apenas duas vezes na temporada, para Fluminense e Macaé – esta no último sábado -, ambas com o time reserva. Por isso, Carpegiani aposta na manutenção dos titulares para superar o Emelec no Equador e confirmou uma escalação sem surpresas para o confronto.

Do time considerado titular, apenas duas baixas. Réver, ainda contundido, segue fora e dará lugar a Rhodolfo. No meio-campo, Jonas ocupará a vaga do suspenso Cuéllar. Muito se falou da possibilidade da entrada do volante Willian Arão na vaga de um dos quatro meias – Lucas Paquetá, Everton, Éverton Ribeiro e Diego -, para tornar o setor defensivo mais seguro, mas, até pela necessidade de vencer, Carpegiani manterá o esquema ofensivo.

Na última atividade antes do confronto, o treinador fechou a entrada da imprensa no treino de terça-feira, no estádio do Barcelona de Guayaquil. Mas foi apenas para impedir a análise do rival, uma vez que ele próprio confirmou a escalação sem alterações.

Do outro lado, o Flamengo encontrará um Emelec em grande fase, que venceu as quatro primeiras partidas e lidera o Campeonato Equatoriano. Na Libertadores, também conseguiu um bom resultado na estreia ao empatar por 1 a 1 com o Independiente Santa Fe, mesmo atuando na Colômbia.

Para o confronto desta quarta, o time equatoriano espera poder contar com o retorno do zagueiro Jorge Guagua, que se recupera de problemas musculares. Se não atuar, ele deverá dar lugar a Francisco Silva.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!