Romero pode se despedir do Corinthians já na próxima semana


A despedida do atacante Romero do Corinthians pode ser antecipada. O jogador foi pré-convocado para a seleção paraguaia para a disputa da Copa América. A lista inicial do técnico argentino Eduardo Berizzo, divulgada nesta segunda-feira, conta com 40 nomes e haverá cortes porque somente 23 podem ser inscritos.

Os jogadores iniciarão os treinamentos na próxima segunda-feira no Centro de Alto Rendimento da Federação Paraguaia de Futebol (AFP, na sigla em espanhol), na cidade de Ypané, nas redondezas de Assunção.

Se for mantido na seleção paraguaia, Romero disputará a Copa América entre os dias 14 de junho e 7 de julho. Seu contrato com o Corinthians termina em 16 de julho. A diretoria do Corinthians ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto, mas o atacante poderia já se despedir dos companheiros de elenco no final desta semana.

Romero vive impasse no Corinthians desde o início do ano. O jogador não acertou a renovação de contrato com a diretoria e passou a treinar em separado no elenco. O paraguaio não entrou em campo neste ano, mas seguiu trabalhando diariamente no CT Joaquim Grava.

Aparentemente, a situação com o restante do elenco e com a comissão técnica sempre foi tranquila. Romero participava das atividades, mas só entrava no coletivo para compor elenco. Com a diretoria, o clima não é dos melhores. Sempre que questionado sobre o paraguaio, o presidente Andrés Sanchez esbraveja e diz: “Ficou pedindo despacito (lentamente, em espanhol), despacito, despacito… E despacito. Paciência tem limite”.

Romero chegou ao Corinthians em 2014, passou por um período de adaptação, mas deixará o clube com quatro títulos – Campeonato Brasileiro (2015 e 2017) e Campeonato Paulista (2017 e 2018) – e como principal artilheiro da arena em Itaquera, com 27 gols. A expectativa do atacante é atuar na Europa no segundo semestre, com preferência para o futebol inglês.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora