Rodrigo Santana lamenta gol no final do 1º tempo, mas vê bom jogo do Atlético-MG


O Atlético-MG perdeu pela primeira vez no Campeonato Brasileiro neste domingo ao ser superado pelo Palmeiras, por 2 a 0, jogando no Mineirão, em Belo Horizonte. Apesar do resultado, nem tudo foi lamentação para o técnico interino Rodrigo Santana. Ele saiu elogiando a atuação da equipe e lamentou o gol sofrido nos minutos finais da etapa inicial, que abriu o placar do duelo.

“Fizemos um bom jogo, especialmente no primeiro tempo. No final, tomamos um gol. Eles têm um cara alto na frente, jogam com o passe longo, brigando pela segunda bola. Numa dessas, conseguiram pegar a gente aberto e fazer o gol. Dentro da competição, ganha quem erra menos e hoje foi o Palmeiras”, comentou o treinador.

No meio de semana, o Atlético volta ao Mineirão para enfrentar o Santos, na quarta-feira, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. “O Brasileiro é assim. Hoje a gente jogou de um jeito, agora é virar o foco para quarta-feira. Vejo que para o campeonato não existe jogo fácil, todo jogo é muito difícil. Se a gente sai na frente teria sido diferente o jogo”, comentou Rodrigo Santana.

Quem também viu uma boa partida atleticana foi o atacante Alerrandro. Vindo do banco de reservas, no lugar do experiente Ricardo Oliveira, ele atuou cerca de 25 minutos, mas não conseguiu ajudar a sua equipe.

“Acho que o primeiro tempo foi equilibrado. O Palmeiras tem uma qualidade enorme e a gente buscou a igualdade, mas numa infelicidade tomamos um gol no final do primeiro tempo que desestabilizou nossa equipe. Fomos para o abafa no segundo tempo e tomamos outro gol no comecinho. Agora é levantar a cabeça e focar no Santos”, disse.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!