Rodinei reconhece boa fase do Flamengo, mas descarta favoritismo contra o Vasco

Um dia depois de vencer o Emelec no Maracanã e garantir vaga na próxima fase da Libertadores, o Flamengo se…


Um dia depois de vencer o Emelec no Maracanã e garantir vaga na próxima fase da Libertadores, o Flamengo se reapresentou nesta quinta-feira no Ninho do Urubu. Os jogadores que encararam o time equatoriano realizaram apenas atividade regenerativa, dando início à preparação para o clássico com o Vasco, sábado, pelo Campeonato Brasileiro.

As duas equipes se enfrentam em momentos bem diferentes. Se o Flamengo lidera o Brasileirão e está classificado às oitavas da Libertadores, o Vasco vem de derrota em casa para o Vitória na competição nacional e já está eliminado do torneio continental. Rodinei sabe da diferença de fase entre os rivais, mas negou qualquer favoritismo.

“Clássico a gente sabe que é competitivo, ainda mais aqui no Rio de Janeiro. Sabemos do nosso bom momento, mas não vamos entrar com isso de favoritismo, pois sabemos que futebol não é assim. O apoio da nossa torcida será fundamental para defendermos a liderança”, considerou nesta quinta.

Diante do Vasco, o Flamengo colocará em jogo a liderança do Brasileirão e a continuidade deste ótimo momento na temporada. Em busca de títulos importantes para dar uma resposta à torcida, a equipe segue viva também na Libertadores e na Copa do Brasil. Mas não tem sido fácil para os jogadores trocar o foco rapidamente de uma competição para a outra.

“A gente é obrigado a virar a chave. Sabemos da responsabilidade que é jogar aqui. O que tinha para comemorar, já comemorei depois do jogo e hoje de manhã. Vamos ver o que o professor vai passar para nós e agora é foco total no Vasco. Temos a obrigação de virar a chave o mais rápido possível”, comentou Rodinei.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!