Rio Branco vence o Amparo no primeiro jogo-treino do ano

Mesmo diante de um time que treinava a mais tempo, Tigre levou a melhor com triunfo por 2 a 0 na manhã desta sexta-feira, no Estádio Décio Vitta


O primeiro jogo treino do Rio Branco na temporada terminou com vitória por 2 a 0 sobre o Amparo, na manhã desta sexta-feira (22), no Estádio Décio Vitta, em Americana. Rafael Cursino e Murilo (contra) marcaram na segunda etapa. O duelo teve dois tempos de 40 minutos cada.

Foto: Leonardo Oliveira/O Liberal
Primeiro jogo-treino da temporada terminou com vitória do Rio Branco

O técnico Raphael Pereira mandou a campo: Alan; Patrick, William, Wellerson e Leandro; Kayo, Rafael Cursino, Leo e Eliu; Tiago e Davi. A formação inicial permaneceu em campo por cerca de 50 minutos para ganhar entrosamento.

Mesmo diante de um time que também disputará o Campeonato Paulista Sub-23 da Segunda Divisão e que já havia realizado outros testes na temporada, como, por exemplo, a vitória por 2 a 0 sobre o União Barbarense, o alvinegro conseguiu controlar boa parte do jogo, e não sofreu grandes perigos.

Os principais sustos vieram na bola aérea, carência que Raphael Pereira admite que precisa ser corrigida. “A gente teve dificuldade na bola aérea, pelo tempo de trabalho, tanto defensiva quanto ofensiva. Esses detalhes a gente precisa corrigir durante a semana”, disse ao LIBERAL.

No primeiro tempo, o Rio Branco levou perigo em três oportunidades: duas delas com Tiago que, pressionado, não finalizou com precisão, e outra com Davi, que avançou nas costas da zaga, mas acabou dividindo com o goleiro.

Com mais posse de bola, o Tigre teve como destaque Leo, meia de origem e que atuou recuado como volante. Ele era o responsável por buscar a bola dos zagueiros e armar o time de trás. Foi dele o passe para o gol que abriu o marcador aos oito minutos da etapa complementar.

O atleta foi lançado pela esquerda e cruzou para o meio da área, quando surgiu Rafael Cursino entre os zagueiros para tocar para o fundo das redes. Cursino, também costumava atuar em uma faixa central mais avançada, mas tem sido escalado como volante, e mostrou boa infiltração. “Eu tenho essa facilidade infiltrar, e o nosso técnico pede bastante isso, e fui coroado com um gol hoje”, disse.

Pereira começou a trocar o time aos 15 minutos do segundo tempo. Saíram William, Leandro Guizi, Leo, Eliu, Tiago e Davi para as entradas de Guilherme, Samuel, Mauro, Alê, Gabriel e Lucão.

Faltando pouco menos de um minuto para o fim, Murilo, do Amparo, se confundiu com o goleiro do próprio time, e recou mal, marcando gol contra, dando números finais a partida.

“Eu gostei muito desse primeiro jogo. A molecada se portou bem. Nenhum atleta oscilou, ou deixou a desejar, e na parte física a gente teve uma resposta muito boa, tanto que teve atleta que jogou os dois tempos e eu não precisei nem mexer”, conclui o comandante.

O próximo jogo-treino do Rio Branco está marcado para a quinta-feira da próxima semana, no Estádio Décio Vitta, em Americana, contra o time sub-23 da Ponte Preta. O horário ainda não foi confirmado pela direção.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora