Rio Branco perde por 3 a 0 e está eliminado

Equipe foi superada pelo Fernandópolis, neste domingo, fora de casa, nas quartas de final do torneio


O Rio Branco está eliminado do Campeonato Paulista Sub-23 Segunda Divisão. A equipe caiu diante do Fernandópolis, ao perder por 3 a 0, neste domingo, fora de casa.

Os times disputavam o jogo da volta das quartas de final. Na partida de ida, em Americana, o Tigre havia vencido por 2 a 1. Bastava um empate em Fernandópolis para que o Rio Branco se classificasse para as semifinais.

Foto: Leyson Augusto
Lance da partida entre Fernandópolis e Rio Branco

De início, o Tigre, mesmo em vantagem no placar agregado, equilibrou as ações, mas também correu riscos.

Logo ao 1 minuto, o Fernandópolis quase abriu o placar com o meia Murilo, artilheiro da competição com 15 gols. Ele pegou a sobra depois de um bate e rebate na área riobranquense e chutou para fora, com perigo.

A melhor chance do Tigre aconteceu aos 8 minutos. Lucas Duni passou pela marcação com um drible da vaca e serviu Thiago, que estava totalmente livre. O atacante bateu de primeira, com o pé esquerdo, e o goleiro Gabriel espalmou no alto.

A situação do Rio Branco começou a desandar aos 34 minutos, quando Gildo fez 1 a 0 para o Fernandópolis. O camisa 9 marcou de cabeça, após escanteio cobrado por Vitinho.

Na saída para o intervalo, o técnico do time americanense, Marcos Campangnollo, esbravejou. Ele criticou a equipe pelo lance do gol.

“A gente trabalha, trabalha, trabalha, trabalha, trabalha, trabalha. Chega lá dentro, tem de ter atitude. Trabalhamos: ‘encosta, acompanha o número 9’. Falar o quê, velho? Não tem o que falar mais. É a atitude deles lá”, afirmou.

No segundo tempo, o Tigre se perdeu completamente. O Fernandópolis ampliou o marcador aos 10 minutos, com Talison, que recebeu lançamento em profundidade e tocou na saída do goleiro Alan: 2 a 0.

No minuto seguinte, houve uma briga generalizada, que terminou com dois expulsos para cada lado: Kayo e Maranhão, do Rio Branco; Potiguar e Danilo, do Fernandópolis.

Aos 32 minutos, Matheus Alcântara praticamente selou a classificação do Fernandópolis. Ele balançou a rede num toque de letra, em jogada marcada por uma sequência de passes no campo ofensivo: 3 a 0.

Depois, Thiago e William, ambos do Rio Branco, receberam cartão vermelho ao cometerem falta. Alan ainda evitou o quarto gol do Fernandópolis ao defender pênalti batido por Matheus Alcântara, aos 50 minutos.

Ficha técnica:

FERNANDÓPOLIS
Gabriel; Biti, Felipe, Félix e Matheus; Jackson, Vitinho (Matheus Alcântara), Talison e Murilo (Junio); Potiguar e Gildo (Junior Bala). Técnico: Junior Paulista.

RIO BRANCO
Alan; Patrik, William, Wellerson e Mazinho (Bismarck); Kayo, Maranhão (Gabriel Braga), Rafael Cursino e Felipinho; Thiago e Lucas Duni (Davi). Técnico: Marcos Campangnollo.

GOLS: Gildo aos 34’/1T, Talison aos 10’/2T e Matheus Alcântara aos 32’/2T (Fernandópolis).
CARTÕES AMARELOS: Biti (Fernandópolis); Felipinho, Thiago e Wellerson (Rio Branco).
CARTÕES VERMELHOS: Potiguar e Danilo (Fernandópolis); Kayo, Maranhão, Thiago e William (Rio Branco)
ÁRBITRO: Marcio Henrique de Gois.
PÚBLICO: 2.891 pagantes.
RENDA: R$ 9.050,00.
LOCAL: Estádio Claudio Rodante, em Fernandópolis.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora