Rio Branco deve repetir escalação que goleou o Joseense

Marcos Campangnollo testou o grupo no coletivo realizado nesta quinta-feira e deve usá-lo no jogo de sábado, no Décio Vitta


O técnico do Rio Branco, Marcos Campangnollo, deve repetir, diante do Marília, a mesma escalação que iniciou a goleada por 4 a 0 sobre o Joseense, no último sábado. Ele testou a formação no coletivo desta quinta-feira.

O Tigre mede forças com o Marília neste sábado, às 15 horas, no Décio Vitta, em Americana. As equipes se enfrentam pela terceira rodada da segunda fase do Campeonato Paulista Sub-23 Segunda Divisão.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Equipe foi bem contra o Joseense na goleada por 4 a 0 e nada deve mudar para o próximo confronto

O alvinegro deve jogar com Alan; Patrik, Crepaldi, Wellerson e Leandro Guizi; Kayo, Rafael Cursino, Léo e Felipinho; Gabriel Braga e Davi. “É uma escalação que teve resultado no jogo contra o Joseeense, e a gente viu uma evolução muito grande”, disse Campangnollo.

O zagueiro Caio Cesar, com dores na região lombar, é o único jogador no departamento médico e deve ser desfalque. Todos os outros estão à disposição do treinador, inclusive o atacante Lucas Duni, que estava contundido na partida contra o Joseense.

Os titulares encararam um time formado por Gabriel; Aritana, William, Boré e Mazinho; Maranhão, Micael, Bismarck e Alê: Lucas Duni e Thiago. “Temos um banco hoje que nós podemos mudar qualquer situação de jogo”, afirmou o comandante.

Nesta quinta, Campangnollo também trabalhou a bola aérea na parte defensiva. Ao fim da atividade, ele elogiou o desempenho dos jogadores no treinamento, o qual classificou como “excelente”. “A gente precisava de alguns ajustes, principalmente alguns encaixes de marcação”, declarou o técnico.

O Branco está em segundo lugar no Grupo 10, com três pontos, atrás apenas do Marília, que tem quatro. Os dois primeiros de cada chave e os quatro melhores terceiros colocados avançam no Estadual.

Campangnollo tem como meta somar nove pontos. “Creio que, com nove pontos, a gente está classificado com tranquilidade”, apontou. Mas, na visão dele, sete pontos já devem ser suficientes para a classificação.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora