Reforço do Botafogo, Alan Santos minimiza período de dez meses sem jogar

Anunciado oficialmente no dia 26 de dezembro, o volante Alan Santos foi enfim apresentado pelo Botafogo nesta segunda-feira. Um dos…


Anunciado oficialmente no dia 26 de dezembro, o volante Alan Santos foi enfim apresentado pelo Botafogo nesta segunda-feira. Um dos reforços da equipe carioca para a nova temporada, ele disse empolgado pela chance de defender o Botafogo e minimizou o período de dez meses sem jogar.

O jogador tem seus direitos econômicos vinculados ao Tigres, do México, mas foi emprestado por duas vezes no ano passado. Esteve, assim, no também mexicano Veracruz e no Al-Ittihad Kalba, dos Emirados Árabes Unidos. No segundo, nem chegou a entrar em campo. Sua última partida foi pelo Veracruz, em março de 2018.

“Não guardo as coisas que passaram. Foi muito difícil ficar esse tempo sem jogar, mas serviu para me dar mais vontade”, disse Alan Santos. “Posso errar passes, gols, mas não vai faltar vontade, podem me cobrar.”

O jogador de 27 anos assinou contrato de um ano com o Botafogo, por empréstimo – tem vínculo com o Tigres até dezembro de 2020. “Fui muito bem recebido, percebi um clima bom no vestiário. Também tive uma conversa com o [técnico] Zé Ricardo muito boa. Minha primeira impressão é um privilégio de vestir essa camisa de tanta tradição”, afirmou.

Alan Santos disse ter comemorado quando recebeu a proposta de jogar pelo Botafogo. “Quando recebi o convite do Botafogo senti um arrepio na espinha. Um clube de muita grandeza. Não pensei duas vezes. É um privilégio muito grande poder vestir essa camisa que gigantes como Garrincha, Nilton Santos, Jairzinho, Jefferson, entre outros vestiram”, declarou.

O Botafogo correu atrás do jogador por necessidade, já que Matheus Fernandes foi vendido ao Palmeiras e Jean ainda negocia a sua saída definitiva do Corinthians. Além disso, Marcelo, que estava emprestado, e Dudu Cearense, também deixaram o clube.

Alan Santos começou a carreira nas categorias de base do Vitória, que o negociou com o Santos, em 2009. O volante saiu do clube da Vila Belmiro em 2014 e foi contratado pelo Coritiba, onde passou três anos antes de rumar para o México.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora