Radialista do Sul se declara para o União Barbarense

Radialista que nunca pisou em Santa Bárbara é fã do time barbarense e ganhou camisa de dirigente após viralizar nas redes sociais


O radialista Ananias Schneider, de 23 anos, mora em Cerro Largo (RS), a 1,3 mil quilômetros de Santa Bárbara d’Oeste, e nunca pisou na cidade. Mesmo assim, ele é apaixonado pelo União Barbarense desde criança.

A relação começou em 14 de fevereiro de 2004, quando Schneider assistiu, pela primeira vez, a um jogo de futebol. O União estava em campo. Na oportunidade, a equipe perdeu por 2 a 1 para a Juventus, fora de casa, pelo Campeonato Paulista da Série A1.

Mesmo assim, o Leão da 13 despertou o interesse do torcedor gaúcho. Ele apontou que, à época, gostou do nome do clube. “União Agrícola. O nome utilizado me chamou atenção”, disse Schneider, que afirmou ter visto o confronto pelo canal Rede Vida.

Sete dias depois, ele voltou a se deparar com o União na TV. O resultado, dessa vez, foi melhor: empate em 1 a 1 com a Portuguesa, em Santa Bárbara.

No entanto, esse não era um jogo qualquer para Schneider, porque, naquela semana, a mãe dele havia morrido. Aquela partida, então, ficou marcada para o radialista, que fixou a imagem do alvinegro na cabeça.

Ele seguiu acompanhando o Leão da 13 e viu, naquele mesmo ano, o time ser campeão brasileiro da Série C. Naquela campanha, o torcedor se encantou pelo atacante Frontini. “O jogador mais marcante que eu vi até agora no União, até pela entrega, pela raça, por ser um artilheiro nato”.

Até 2007, Schneider ainda conseguia assistir aos jogos do União, mas depois, por questões financeiras, perdeu contato com o clube. O gaúcho se “aproximou” do alvinegro novamente devido às redes sociais.

“Depois que começou a entrar o Facebook, eu comecei a seguir a página do time e comecei a acompanhar os resultados, infelizmente não satisfatórios. Até 2012, resultado bom, acesso à Série A1, mas depois acabou a decadência do time”, declarou o torcedor, em menção à queda do time para o Campeonato Paulista da Segunda Divisão, o equivalente à quarta divisão estadual.

Por causa do Facebook, ele também recebeu, na semana passada, um presente do vice-presidente do União, Luis Mattos. O dirigente enviou para Schneider, por correio, uma camiseta e uma toalha do clube. Ambos se conheceram por conta da rede social.

Agora, o torcedor quer conhecer o estádio Antonio Lins Ribeiro Guimarães. “Eu tenho esse sonho de um dia poder ir para Santa Bárbara, conhecer o União. Um dia, se Deus quiser, isso se concretizará, eu tenho certeza. Demorando ou não, isso é uma coisa que está no meu planejamento”, comentou.

Mattos divulgou a história do radialista por meio de uma postagem no Facebook, que acabou compartilhada por torcedores do alvinegro.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora