Público de União e XV de Jaú supera jogos da Copa América

Vitória da equipe barbarense, no domingo, reuniu mais pagantes que as partidas entre Venezuela x Bolívia e Japão x Equador


O jogo entre União Barbarense e XV de Jaú, no último domingo, teve mais pagantes que duas partidas da Copa América. Na ocasião, o alvinegro venceu por 2 a 1, fora de casa, diante de 5.064 torcedores. A partida foi válida pela 13ª rodada e a penúltima da primeira fase do Campeonato Paulista Sub-23 Segunda Divisão, o equivalente à quarta divisão estadual.

O União entrou em campo eliminado, enquanto o XV já tinha classificação garantida. Mesmo assim, o público compareceu em peso no estádio Zezinho Magalhães, em Jaú.

Foto: Paulo Cesar Grange / XV de Jaú
Público que esteve acompanhando a vitória do União sobre o XV de Jaú, no domingo, foi de 5.064 pagantes

“Tem de valorizar muito a postura desses jogadores que conseguiram, diante dessas circunstâncias, fazer um jogo tão competitivo e tão inteligente”, disse Guilherme Businari, técnico do alvinegro.

Para ele, a presença em massa dos torcedores pode ter aumentado a pressão sobre o XV, que já encontrava dificuldades no confronto.

Na Copa América, o principal torneio entre seleções da América do Sul, dois jogos reuniram um número menor de pagantes. Ambos aconteceram no Mineirão, na última rodada da fase classificatória, que terminou nesta segunda.

No último sábado, 4.640 torcedores pagaram ingresso para a vitória da Venezuela sobre a Bolívia, por 3 a 1. E, nesta segunda, 2.106 pagantes estiveram no mesmo estádio durante o empate 1 a 1 entre Equador e Japão.

Saídas

O lateral-esquerdo Augusto não faz mais parte do elenco do União. Ele deixou o clube por ter se desanimado com a falta de oportunidades.

Moraes, jogador da mesma posição, também não se apresentou para os treinamentos desta semana. Ele ganhou uma semana de folga, porque estava suspenso, e pode não retornar para o Leão da 13, segundo Businari.

O lateral-direito Eliandro, conforme já tinha acertado com a diretoria, voltou para o Santo André, clube que detém seus direitos econômicos.

Para a última partida do União no Estadual, o treinador também não pode contar com o atacante Brendon, suspenso com três cartões amarelos. O alvinegro se despede do torneio no próximo domingo, às 10 horas, diante do Brasilis, em Santa Bárbara d’Oeste.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora