Por respeito aos adversários, Carpini confirma força máxima no Guarani


Por respeito aos adversários, Thiago Carpini garantiu força máxima no Guarani para enfrentar o América-MG, nesta sexta-feira, às 21h30, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em confronto válido pela 37ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. “Pedi aos jogadores para ter respeito com a competição e respeito com quem precisa desse resultado. Acima de tudo, é não fazer com os outros o que não gostaria que fizessem com a gente”, garantiu.

“Se estivéssemos em situação desesperadora e precisando de um resultado para garantir acesso ou se livrar de rebaixamento e o adversário jogasse com time todo alternativo seria uma forma de desrespeito. Com certeza, nós vamos competir, jogar forte e colocar o entendo de melhor para esta partida”, emendou.

Embora com o Guarani livre de qualquer possibilidade de rebaixamento e cumprindo tabela na reta final da temporada, o treinador comandou na tarde desta quinta-feira atividade com portões fechados e manteve mistério em relação ao time titular.

Se o penúltimo treinamento for levado em consideração, o comandante campineiro deve promover duas mudanças no esqueleto: as entradas do lateral-esquerdo Bidu e do volante Deivid nas vagas de Thallyson e Marcelo, por opção técnica e suspenso, respectivamente.

“Coloquei o Deivid no trabalho principal, justamente para eu ter ideia se suportaria iniciar o jogo. Se começar o confronto, não faz os 90 minutos. Isso já é uma coisa definida por nós e pelo departamento médico. Fisicamente, seria um risco desnecessário para correr na reta final”, antecipou.

Carpini também reiterou a intenção de abrir brecha para os garotos das categorias de base nas duas últimas partidas oficiais da temporada. “Eu pretendo, sim, fazer algumas mexidas para observar alguns atletas que tiveram menos oportunidade, principalmente os meninos da casa. Agora o Guarani se dá ao luxo de poder privilegiar esses jogadores e ver o que espero deles realmente ao longo dos 90 minutos.”

O provável Guarani tem: Jefferson Paulino; Lenon, Bruno Silva, Luiz Gustavo e Bidu; Deivid, Arthur Rezende, Lucas Crispim e Rondinelly; Davó e Diego Cardoso.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora