Por melhor desempenho em 2020, presidente da Ponte Preta promete reformulação


Mesmo com pouco menos de três semanas à frente da presidência da Ponte Preta, graças à renúncia de José Armando Abdalla Júnior, Sebastião Arcanjo dá sequência ao processo de reformulação – em todos os setores – e intensifica o planejamento do ano seguinte. Em entrevista à rádio Bandeirantes de Campinas, Tiãozinho, como é popularmente conhecido, detalhou o novo método de trabalho nos bastidores do estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

“A montagem do time vai passar por diálogo muito forte com (diretor de futebol) Gustavo Bueno e (técnico) Gilson Kleina. Eu já disse a eles e vou reforçar em público: vamos constituir uma comissão para analisar cada nome e contratação. Vamos fazer isso de forma um pouco mais coletiva”, antecipou o presidente nesta sexta-feira.

“Não vai ser só o Gustavo isolado, nem o Kleina pressionado pelos resultados, que terão exclusividade na montagem deste elenco. Então nós vamos ouvir todos. Tenho conversado bastante com o Tagino Alves, meu vice-presidente, neste sentido”, emendou.

O mandatário da equipe campineira garantiu que, neste final de semana, os líderes da diretoria vão se reunir para analisar uma lista com possíveis contratações para a próxima temporada. “Vamos sentar com a comissão e apresentar um conjunto de opções para a montagem do elenco em 2020. Vamos analisar cada caso e tentar montar o melhor plantel possível dentro da realidade financeira da Ponte Preta, que não é tão limitada como as pessoas imaginam que sejam”, comentou.

“É dividir com eles a responsabilidade. É melhor a gente tentar acertar junto do que optar errar por isoladamente, justamente o que aconteceu aqui, sobretudo em 2019. Agora é olhar para frente. É somar força e montar uma equipe competitiva”, arrematou Tiãozinho.

A saída dos jogadores, cujos contratos vencem entre novembro e dezembro, deve ser oficializada pelo clube apenas na próxima semana, após o desfecho da Série B. O último compromisso oficial da Ponte Preta no ano é na próxima terça-feira, quando recebe o Brasil de Pelotas, às 19 horas, em Campinas.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora