Palmeiras amarga fracasso após cair em disputa na qual trocou cobrador de pênalti

O técnico Luiz Felipe Scolari revelou que, junto com a sua comissão técnica, fez uma alteração na lista com os…


O técnico Luiz Felipe Scolari revelou que, junto com a sua comissão técnica, fez uma alteração na lista com os cinco jogadores do Palmeiras que estavam programados para cobrar as penalidades no confronto de volta da semifinal do Campeonato Paulista, contra o São Paulo, na tarde do último domingo, no Allianz Parque.

Após o empate por 0 a 0 no tempo normal, o Palmeiras não divulgou previamente a lista dos atletas responsáveis pelas cobranças. Eles eram conhecidos a medida em que caminhavam para a grande área a cada batida alternada com os são-paulinos.

Entre as ausências questionadas pelos torcedores palmeirenses nas cobranças, estão os atacantes Dudu e Deyverson, este último que teve um gol seu anulado no segundo tempo depois de o juiz da partida consultar a arbitragem de vídeo.

Felipão, porém, não quis revelar o atleta que fora retirado da lista. “A escolha dos cobradores vai pela confiança e pelo estado físico. Nós tínhamos colocado cinco jogadores, mas, depois, conversando, entendemos que um dos atletas não tinha condição física ideal, então substituímos. Dentro de um perfil que trabalhamos durante a semana, teríamos as melhores condições. Méritos do goleiro. Não temos o que cobrar nesse sentido”, afirmou o treinador, em entrevista coletiva no Allianz Parque.

Eliminado do Paulistão, o Palmeiras agora vai iniciar a sua preparação para enfrenta o Junior Barranquilla, na quarta-feira, às 19h30, no Allianz Parque, pela quarta rodada do Grupo 6 da Copa Libertadores. O time alviverde deixou a liderança da chave ao ser derrotado por 1 a 0 pelo San Lorenzo, na última terça-feira, na Argentina, onde os donos da casa assumiram o topo, com sete pontos. Agora vice-líderes, os palmeirenses têm seis.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!