Na mira do Flu, Renato Chaves garante que segue na Ponte Preta


A diretoria da Ponte Preta garante que ganhou a queda de braço com o Fluminense para ficar com o zagueiro Renato Chaves. Através de sua assessoria de imprensa, o clube campineiro divulgou declarações do próprio jogador e de seu procurador de que ele vai vestir a camisa da Ponte em 2016.

“Estou em Florianópolis, estão falando por mim e nem acompanho muito as notícias. Sou da Ponte Preta e me reapresento dia 4. Estão me julgando por algo que não falei e nem fiz. Inventaram”, afirmou o zagueiro, que se comprometeu a gravar um vídeo explicando a situação e publicá-lo nas redes sociais. Uma rádio do Rio divulgou que ele entraria na Justiça para sair da Ponte.

Guilherme Miranda, diretor da Elenko, empresa que agencia o jogador, também reafirmou o vínculo com a Ponte Preta, ressaltando o fato de que o Fluminense, ou qualquer clube que deseje contar com o zagueiro, precisaria pagar a multa rescisória do atleta. O valor, seria em princípio, de R$ 5 milhões, mas depois passou a ser divulgado como de R$ 20 milhões.

Renato, de 25 anos, é formado nas categorias de base do Corinthians e já passou por clubes como Bahia, Portuguesa, Atlético-PR e Náutico, mas foi na Ponte Preta, no último Campeonato Brasileiro. O jogador foi um dos grandes nomes da surpreendente campanha do time alvinegro e despertou interesse de diversos clubes da elite do futebol nacional.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora