Meia Diego, ex-Santos, está nos planos do Corinthians

De acordo com a imprensa da Turquia, o Corinthians está interessado em contratar o meia de 30 anos, do Fenerbahçe


De acordo com a imprensa da Turquia, o Corinthians está interessado em contratar o meia Diego, do Fenerbahçe. O jogador de 30 anos, revelado pelo Santos, chegaria para suprir a ausência de Jadson, que foi vendido para o Tianjin Songjiang, da China.

Diego está no futebol europeu desde 2004 e, segundo jornais turcos, demonstrou interesse em pedir para sair do Fenerbahçe para voltar ao Brasil. Campeão brasileiro pelo Santos em 2002, o meia acumula passagens por Porto (Portugal), Werder Bremen (Alemanha), Juventus (Itália), Wolfsburg (Alemanha), Atlético de Madrid (Espanha) e está no Fenerbahçe desde o ano passado.

Ainda de acordo com a imprensa turca, um dos entraves para a transferência do jogador é o seu alto salário. Diego recebe 3,5 milhões de euros (cerca de R$ 15 milhões) por temporada, o equivalente a R$ 1,2 milhão por mês. No Corinthians, ele receberia menos da metade: R$ 500 mil.

O Corinthians já contratou o meia Marlone, um dos destaques do Sport no último Campeonato Brasileiro. Marlone, no entanto, tem características diferentes em relação a Jadson e, por isso, Tite teria de mudar o desenho tático do meio de campo do Corinthians. Com Diego, seria possível manter a estrutura campeã brasileira.

O meia Marquinhos Gabriel, que está no Santos, também é alvo do interesse do Corinthians. O clube da Baixada Santista está confiante de que poderá exercer o seu direito de compra do jogador, que pertence ao Al-Nassr, da Arábia Saudita, mas ainda não conseguiu acertar a permanência do atleta, cujo contrato de empréstimo vence no próximo dia 31.

Os dirigentes santistas fizeram uma proposta de US$ 4 milhões aos árabes pela compra do meio-campista em definitivo, mas, caso não haja acordo entre as partes, o Corinthians poderá entrar na disputa para contratar o jogador. O Santos quer pagar este valor de forma parcelada para seguir com Marquinhos Gabriel, mas o clube árabe quer receber à vista e uma primeira proposta feita pela diretoria santista já foi recusada.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora