Itapirense e Mauá podem influenciar escalação do RB

Se as duas equipes empatarem, Rio Branco já garante sua classificação para as quartas de final; situação beneficiaria garotos da base


O técnico do Rio Branco, Marcos Campangnollo, já esboçou um time titular para o jogo deste domingo, contra o Flamengo, mas cogita mexer na escalação se houver um empate entre Mauá e Itapirense, que se enfrentam neste sábado.

Esse resultado garantiria o Tigre nas quartas de final do Campeonato Paulista Sub-23 Segunda Divisão. Assim, neste domingo, a equipe americanense entraria em campo classificada.

Caso isso aconteça, jovens revelados pela base, como o meia Eduardo e o atacante Gabriel Tanque, poderão aparecer na formação inicial. “Podemos mudar. Tem possibilidade. Porque é um jogo em que o Flamengo é quem precisa da vitória”, disse Campangnollo.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Meia Eduardo é cogitado para compor a formação inicial do Rio Branco

Os dois garotos chegaram a ir para o banco de reservas, porém ainda não jogaram na competição. “São dois atletas que já estão num nível de poder ter condição de jogar”, afirmou o treinador.

No coletivo desta quinta, os titulares foram Alan; Rafael Cursino, William, Wellerson e Leandro Guizi; Maranhão e Kayo; Bismarck, Felipinho e Mazinho; Gabriel Braga.

Cursino, que costuma atuar como volante, era lateral-direito nas categorias de base. “Tenho uma facilidade para jogar ali”, apontou.

Campangnollo também cogita improvisar Eduardo na lateral direita ou inverter o posicionamento de Cursino e Maranhão. Faltam três rodadas para o fim desta terceira fase. Os dois melhores de cada chave avançam para as quartas de final.

O Rio Branco aparece em primeiro lugar no Grupo 15, com nove pontos, cinco a mais que o vice-líder Flamengo. A terceira posição pertence à Itapirense, que tem dois pontos. Quarto e último colocado, o Mauá soma um ponto.

O Tigre, com um empate amanhã terá vaga a garantida. O duelo será às 10 horas, em Guarulhos. Já um empate entre Mauá e Itapirense, que medem forças hoje, às 15 horas, em Mauá, já adiantaria a classificação.

Com esse resultado, até o final da terceira fase, o Mauá alcançaria, no máximo, oito pontos. A Itapirense até poderia empatar em pontos com o Tigre, mas perderia no número de vitórias, primeiro critério de desempate.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora