Marrony vê ‘desligada’ do Vasco na final da Taça Rio e pede time atento em semi

O atacante Marrony admitiu nesta quarta-feira que o Vasco acabou não exibindo a concentração necessária diante do Flamengo para segurar…


O atacante Marrony admitiu nesta quarta-feira que o Vasco acabou não exibindo a concentração necessária diante do Flamengo para segurar a vantagem de 1 a 0 na final da Taça Rio, no último domingo, no Maracanã, onde acabou sofrendo o gol de empate aos 48 minutos do segundo tempo e depois foi superado na decisão por pênaltis.

Assim, o time vascaíno amargou o vice-campeonato do segundo turno do Campeonato Carioca, no qual voltará a atuar por uma vaga na grande decisão da competição neste domingo, quando encara o Bangu, às 16 horas, novamente no Maracanã. Ao projetar o duelo, Marrony pediu por um time focado até o minuto derradeiro desta semifinal.

“Temos de respeitar o Bangu. A equipe dele foi muito bem nesses dois jogos e mostrou que não vai perdoar se o nosso time der algum tipo de mole. Acabamos dando uma desligada no final do jogo contra o Flamengo e sofremos um gol, então precisamos manter o foco e a concentração durante toda a partida, correr até o último minuto. É preciso ter cuidado, mas ao mesmo tempo colocar em prática nosso futebol equilibrado e ofensivo”, receitou o atacante, em entrevista coletiva no CT em Vargem Pequena.

Por causa da melhor campanha realizada até aqui no Carioca, o time vascaíno vai atuar com a vantagem de poder empatar para ir à decisão. E Marrony exaltou a importância de a equipe contar com uma semana cheia de treinos para o duelo com o Bangu.

“Vem sendo uma semana muito boa e de muito trabalho. O professor (Alberto) Valentim passou bastante força para o grupo depois daquela derrota nos pênaltis e tem procurado ajustar tudo para fazermos uma grande partida domingo. Queremos conquistar a classificação para conquistarmos o direito de disputar mais uma final”, projetou.

O time do Vasco treinou na tarde desta quarta-feira e a atividade contou com a presença de todos os jogadores do elenco, entre eles o argentino Maxi López, aniversariante do dia, que completou 35 anos de idade. O experiente atacante voltou a mostrar que está recuperado de uma lombalgia que o tirou das duas últimas partidas da equipe, nas quais o titular foi substituído por Tiago Reis, que no domingo deverá voltar ao banco de reservas.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!