Mano lamenta trabalho incompleto e admite sonho de voltar à seleção brasileira

Bicampeão da Copa do Brasil pelo Cruzeiro, o técnico Mano Menezes admite que ainda sonha em retornar à seleção brasileira…


Bicampeão da Copa do Brasil pelo Cruzeiro, o técnico Mano Menezes admite que ainda sonha em retornar à seleção brasileira para encerrar o trabalho interrompido em 2012, após passar dois anos no cargo. O treinador ainda lamenta a saída inesperada, quando preparava a seleção para a Copa do Mundo de 2014, disputada no Brasil.

“Não durmo e acordo pensando em ser técnico da seleção. Em minha última passagem por lá, o [então presidente da CBF] Ricardo Teixeira, que havia me indicado como treinador, saiu por questões que todos sabem, e Marco Polo Del Nero e José Maria Marin assumiram o comando da entidade e optaram pela minha saída”, disse o treinador, em entrevista ao canal Fox Sports que vai ao ar à 0h, nesta madrugada de sábado para domingo.

Ele não escondeu que ainda se sente incomodado pela saída repentina do comando da equipe. “Acredito que faltou respeito como lidaram comigo”, declarou Mano.

Na conversa, o treinador de 56 anos relembrou sua trajetória profissional, momentos marcantes como a “Batalha dos Aflitos”, vida na China e o atual trabalho com a equipe mineira. Mano revelou também que sua história no comando técnico cruzeirense poderia ter começado anos antes.

“Quando terminamos a temporada 2007 pelo Grêmio, recebi duas propostas de trabalho: do Corinthians, rebaixado para a Série B, e do Cruzeiro, que disputaria a Libertadores. A expectativa de ir para Belo Horizonte era de ser campeão. Pelo Corinthians, eu teria a oportunidade de montar um grupo, voltar para a Série A e brigar pelo título da Série B. Levei esses fatores em consideração quando aceitei o convite de treinar o Corinthians.”

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!