Mano encerra preparação para clássico com treino fechado e clube adota o silêncio

O Palmeiras disputará o clássico com o objetivo de voltar a reduzir a vantagem do líder Flamengo e também para se manter na vice-liderança


Foto: Cesar Greco - Ag Palmeiras - Divulgação
Após assumir o lugar do demitido Felipão, o técnico Mano Menezes promoveu prática inversa à utilizada com frequência pelo seu antecessor

O elenco do Palmeiras encerrou a preparação para o clássico contra o Santos, nesta quarta-feira, às 21h30, na Vila Belmiro, com um treino fechado realizado no final da tarde desta terça, na Academia de Futebol. Foi a segunda e última atividade do time visando este importante confronto válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Após assumir o lugar do demitido Felipão, o técnico Mano Menezes promoveu prática inversa à utilizada com frequência pelo seu antecessor no cargo ao passar a abrir para a presença da imprensa os treinos no clube. Porém, nesta véspera de duelo decisivo para as pretensões da sua equipe no Brasileirão, o treinador optou por fechar o trabalho aos repórteres, que só puderam acompanhar o aquecimento dos atletas em um dos campos do CT palmeirense.

Para completar, o clima de mistério foi ampliado pelo fato de que nenhum jogador foi escalado para dar entrevista coletiva, que normalmente é concedida por pelo menos um atleta no dia que antecede os confrontos.

Precavido para não dar pistas ao time santista e ao técnico Jorge Sampaoli sobre como poderá atuar na Vila Belmiro, o Palmeiras disputará o clássico com o objetivo de voltar a reduzir a vantagem do líder Flamengo e também para se manter na vice-liderança. Com 47 pontos, está cinco atrás do clube carioca e três à frente da equipe santista, que assumirá o segundo lugar se conquistar uma vitória nesta quarta-feira.

Para este duelo na Vila, Mano não poderá contar com o atacante Deyverson, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, além do zagueiro Gustavo Gómez e o goleiro Weverton, convocados para defender as seleções paraguaia e brasileira, respectivamente.

Fernando Prass é o favorito para ser escalado como substituto de Weverton, mas Jailson também está na briga pela posição. Já a dupla de zaga deve ser formada por Vitor Hugo e Luan. O atacante Luiz Adriano, que foi poupado do jogo contra o Atlético-MG no último domingo por desgaste muscular, tem retorno garantido ao time.

Outra novidade do Palmeiras para esta quarta-feira será o próprio Mano Menezes, que não pôde dirigir a equipe contra os atleticanos por estar suspenso pelo terceiro cartão amarelo. E o treinador deve escalar a seguinte formação titular: Fernando Prass (Jailson); Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Lucas Lima (Gustavo Scarpa); Dudu, Willian e Luiz Adriano.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora