Manchester City vence, mas Liverpool goleia e mantém liderança no Inglês

O Manchester City fez a sua parte, mas o Liverpool foi ainda melhor nesta quarta-feira e sustentou a vantagem na…


O Manchester City fez a sua parte, mas o Liverpool foi ainda melhor nesta quarta-feira e sustentou a vantagem na liderança do Campeonato Inglês ao aplicar uma goleada de 5 a 0 sobre o Watford, diante de sua torcida, no Anfield Road. O City, também em casa, superou o West Ham por um modesto 1 a 0.

Estes resultados mantiveram o Liverpool com um ponto de vantagem na primeira colocação do campeonato: 69 a 68. Os dois duelos foram marcados pelas ausências de Roberto Firmino e Gabriel Jesus, ambos machucados. Devem, portanto, ficar de fora da convocação do técnico Tite nesta quinta-feira para os amistosos da seleção brasileira com Panamá e República Checa, em março.

Sem Firmino, o Liverpool foi liderado nesta quarta por Mohamed Salah e Mané, que balançou as redes por duas vezes. O mesmo fez o improvável zagueiro Virgil Van Dijk. Substituto do brasileiro, o belga Divock Origi anotou o outro gol dos anfitriões.

A goleada começou a ser construída aos 8 minutos de jogo, quando Alexander-Arnold cruzou da direita na cabeça de Mané, que não desperdiçou. Voltando a exibir aquela intensidade que fez falta nos últimos jogos, o Liverpool não deu sossego à zaga do Watford e chegou ao segundo gol aos 19.

Salah fez linda jogada pela direita, mas vacilou no momento da finalização. Na sobra, Mané foi acionado em posição legal dentro da área, chegou a “esquecer a bola” e compensou o erro com uma bela batida de calcanhar, que surpreendeu o goleiro Ben Foster.

Aos 36, o time da casa criou uma sequência incrível de chances, que envolveu o brasileiro Fabinho, potencial convocado por Tite nesta quinta. Tudo começou com mais uma investida de Salah pela direita, morrendo no pé da trave. No rebote, Milner também perdeu a chance. No rebote, Fabinho encheu o pé de fora da área e mandou longe.

Apesar da vantagem no marcador, o Liverpool sustentou o forte ritmo no segundo tempo, mas sem a mesma precisão nas jogadas ofensivas. Após desperdiçar boas chances, o anfitrião ampliou aos 20, quando Origi investiu pela esquerda, conteve três marcadores e bateu rasteiro no canto direito do goleiro do Watford. Na reta final do duelo, Van Dijk selou a goleada com belas cabeçadas aos 34 e aos 37 minutos.

MANCHESTER TAMBÉM VENCE – Sem Gabriel Jesus, o time comandado pelo técnico Josep Guardiola contou novamente com Sergio Agüero para faturar mais uma vitória. O argentino marcou o único gol do triunfo sobre o West Ham aos 14 minutos do segundo tempo, em cobrança de pênalti. A falta dentro da área foi cometida pelo brasileiro Felipe Anderson sobre Bernardo Silva.

O gol coroou o domínio do City em uma partida morna, em que os anfitriões apresentaram grande performance no primeiro tempo, principalmente nos primeiros 20 minutos. Teve até bola na trave, logo aos três minutos. Mahrez era a maior aposta da equipe, em investidas e lançamentos, pela direita.

O West Ham só ameaçou com maior perigo aos 4 do segundo tempo, quando o goleiro brasileiro Ederson foi exigido e não decepcionou. Mas, após o gol de Agüero, o City cresceu em campo e criou oportunidades suficientes para vencer com um placar mais folgado.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!