Lazio bate o Milan no San Siro, encerra tabu de 30 anos e entra no G4 do Italiano


A Lazio derrotou o Milan por 2 a 1 neste domingo, no San Siro, pela 11ª rodada, subiu para o G4 do Campeonato Italiano e encerrou um jejum que já durava 30 anos. O time da capital não vencia o rival milanista fora de casa no torneio nacional desde 1989.

Com mais um revés, o Milan caiu para a 12ª colocação, com 13 pontos. A Lazio, por outro lado, subiu ao grupo do quatro primeiros colocados que garantem vaga na próxima edição da Liga dos Campeões. É a quarta, com 21 pontos.

Em crise e cheio de problemas, o time de Milão tem uma sequência complicada para se reerguer no torneio: enfrenta a líder Juventus na próxima rodada e o Napoli na partida seguinte.

O Milan até teve boa atuação, principalmente no começo do primeiro tempo, período em que conseguiu anular as principais jogadas da Lazio ao ter êxito na pressão da saída de bola do rival.

No entanto, a equipe cansou e a estratégia foi desmontada com um gol do artilheiro Ciro Immobile, aos 25 minutos. A partida ficou aberta e frenética depois que o zagueiro angolano Bastos marcou contra pouco tempo depois de a Lazio abrir o placar e deixou o jogo empatado.

O Milan perdeu a força ofensiva com a saída do espanhol Castillejo, machucado, e a Lazio cresceu no jogo a partir do momento em que a meia Luis Alberto chamou a responsabilidade e a dupla de ataque passou a se entender melhor. O time da capital italiana chegou à vitória com um gol do argentino Joaquín Correa no final.

Três brasileiros estiveram em campo: os ex-flamenguistas Léo Duarte e Lucas Paquetá, pelo Milan, e Lucas Leiva, pela Lazio, que ainda teve Luiz Felipe no banco de reservas.

Também neste domingo, Fiorentina e Parma, próximos na tabela, empataram em 1 a 1. O atacante marfinense Gervinho abriu o placar para os visitantes e o time de Florença foi buscar o empate com o meia italiano Gaetano Castrovilli.

O jogo marcou a estreia de Pedro, ex-Fluminense. Ainda longe de sua forma física ideal, o atacante brasileiro entrou nos minutos finais do jogo. A Fiorentina é a oitava, com 16 pontos, dois a mais que o Parma, o décimo.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora