Jean Mota afirma estar bem para jogar, mas que só se livrará de dores com pausa


Conviver com dores vem sendo uma rotina constante para Jean Mota no Santos. Desde 8 de abril, quando sentiu um incômodo no joelho direito, o meia precisou ser substituído na semifinal do Campeonato Paulista contra o Corinthians, ele atuou fora das suas condições ideais, mas não chegou a desfalcar o time.

Às vésperas do duelo com o Vasco, marcado para domingo, no Pacaembu, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, Jean Mota garantiu estar em boas condições para atuar, embora tenha admitido que só estará livre das dores quando as competições forem paralisadas para a realização da Copa América.

“Me senti bem ontem e hoje, tratei bastante. A dor vai sair quando parar na Copa América mesmo. Me sinto melhor e estou 100% para jogar no domingo”, assegurou Jean Mota, esperançoso em voltar a ser titular com o técnico Jorge Sampaoli.

Jean Mota é uma das peças mais importantes do elenco santista em 2019, sendo o seu artilheiro na temporada, com nove gols marcados e tendo participado de 25 dos 27 jogos oficiais da equipe.

Após o duelo contra o Corinthians, Jean Mota participou dos seis confrontos que o Santos fez, mas só atuou por 90 minutos no triunfo por 3 a 0 sobre o Atlético Goianiense, pela Copa do Brasil, sendo substituído em quatro oportunidades e tendo entrado durante o segundo tempo do empate por 0 a 0 com o CSA, no último domingo.

A tendência é que Jean Mota seja titular contra o Vasco. Mas o meia explicou que Sampaoli ainda não revelou qual formação pretende utilizar no domingo. “Vai começar a mudar o time e escalar o verdadeiro time a partir de amanhã. Todos treinam e sabem o que fazer. Ele tem uma formação na cabeça, tem passado para a gente, agora falta escolher os jogadores”, disse.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora