Já classificado, Rio Branco sofre segunda derrota seguida

Tigre foi pouco criativo e levou gol em erro individual, após cruzamento na área; resultado pode levar à perda de privilégios no mata-mata


Pouco criativo e sofrendo gol em um erro individual, após bola alçada na área, o Rio Branco foi derrotado fora de casa pelo Mauá por 1 a 0, na tarde deste sábado, pela 5ª rodada do Campeonato Paulista Sub-23 Segunda Divisão. Apesar de já estar classificado para a terceira fase, o Tigre pode perder privilégios no mata-mata por ter saído da partida sem somar pontos e estar estacionado com 9 pontos há dois jogos.

O primeiro tempo começou pouco agitado. Apesar do predomínio do Rio Branco com a posse de bola em seu campo de ataque nos primeiros minutos, o Mauá abriu o placar logo aos 8, na primeira subida ao ataque. Após cobrança de falta quase da linha de meio do campo, o zagueiro Caio Cesar tentou afastar mas cabeceou mal, nos pés de Natanael, que mandou para o fundo das redes.

Foto: Ariel Ferreira / Rádio Esporte Clube
Rio Branco foi derrotado pelo Mauá neste sábado

O gol não teve grande influência no ritmo do jogo. Assistindo poucas criações e falta de pontaria, os goleiros pouco trabalharam. Quando não esbarravam na marcação do meio campo, as equipes apostavam em ligações diretas da defesa para o ataque.

Aos 33min, a equipe de Americana teve sua melhor oportunidade do jogo. Em lançamento longo a partir da defesa, Lucas Duni ganhou na corrida da defesa e finalizou para uma ótima defesa de Gustavo para escanteio.

A resposta veio aos 41min. Vinicius cruzou e Natanael finalizou rasteiro, mas a bola saiu pelo lado esquerdo do goleiro Alan. Já aos 44, cruzamento despretensioso do lateral Luan que foi ao gol deu trabalho ao goleiro Alan.

O Mauá voltou para o segundo tempo administrando o placar e o Rio Branco seguiu sem impor mais intensidade e efetividade em suas criações. O Tigre só chegou de forma mais perigosa aos 27, quando Mazinho cruzou pela esquerda e Lucas Duni subiu bem de cabeça, mas a finalização saiu sem força para as mãos de Gustavo.

Aos 36min, Alan evitou o segundo do Mauá ao sair interceptar um lançamento de Orlandinho para Natanael. O Mauá ainda saiu da partida reclamando de pênalti em uma queda de Natanael, dentro da área, aos 44 minutos.

“Se criou pouco, as finalizações quase não aconteceram e se aceitou. A gente precisa administrar isso aí”, apontou o auxiliar técnico Tony Ferreira, que substituiu o técnico Marcos Campangnollo, que estava suspenso.

Apesar da derrota, o Tigre segue em primeiro no grupo, com 9 pontos, seguido pelo Flamengo com 8, Mauá (5) e Itapirense (4). Na última rodada antes do mata-mata, o Rio Branco joga em casa, às 10h do dia 22, contra a Itapirense, que empatou em 1 a 1 com o Flamengo e está fora da próxima fase.

Ficha Técnica

RIO BRANCO

Alan; Maranhão (Alê), William, Caio Cesar e Leandro Guizi (Gabriel Braga); Rafael Cursinho e Wellerson (Patrick); Mazinho, Felipinho e Thiago; Lucas Duni. Técnico: Tony Ferreira

MAUÁ

Gustavo; Luan, Ronaldo, Gabriel Cardoso, Rafael; Chris, Pablo, Tan e Orlandinho; Vinicius e Natanael (Léozinho). TÉCNICO: Marcos Custódio

GOL: Natanael, aos 8 do primeiro tempo (Mauá)

CARTÕES AMARELOS: Natanael e Tan (Mauá); Wellerson, Thiago e William (RB)

ÁRBITRO: Willer Fulgêncio Santos

PÚBLICO: 41 pagantes

RENDA: R$ 370

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora