Interino testa Arrascaeta e Diego no time titular do Fla para duelo com Fortaleza


Marcelo Salles, técnico interino do Flamengo, em treinamento realizado nesta sexta-feira no CT Ninho do Urubu, testou a equipe com a presença dos meias Arrascaeta e Diego no time, o que deixaria o volante William Arão, antes titular absoluto da equipe sob o comando de Abel Braga, que pediu demissão do clube na última quarta-feira, apenas como opção no banco de reservas.

A opção, em tese, aponta para uma formação mais ofensiva no duelo contra o Fortaleza, marcado para as 16h deste sábado, no Engenhão. O meia uruguaio, que durante boa parte do ano tem disputado posição com o próprio Diego, é a maior contratação da história do Flamengo, tendo custado aos cofres do clube R$ 63,7 milhões. O jogador, que veio do Cruzeiro, vinha frequentemente sendo deixado no banco de reservas pelo antigo treinador, o que vinha gerando muita insatisfação nos bastidores da Gávea e junto à torcida.

A outra possível mudança para a partida em relação aos últimos jogos pode ser a entrada do jovem lateral-direito João Lucas, contratado junto ao Bangu, no lugar de Pará, que também era a principal opção de Abel Braga para a posição. Na atividade desta sexta-feira, Marcelo Salles chegou a testar ainda o meia-atacante Vitinho, no comando de ataque, no posto de Gabriel Barbosa.

CONVOCAÇÕES – Possivelmente voltando à equipe titular no jogo diante do Fortaleza, válido pela sétima rodada do Brasileirão, Arrascaeta, no entanto, não estará à disposição do clube para o duelo decisivo frente ao Corinthians, pela partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil na próxima terça-feira.

Mesmo após solicitação do Flamengo pela liberação, o meia foi convocado pela seleção uruguaia para a Copa América e terá de se apresentar ao técnico Óscar Tabárez já neste domingo. O mesmo deve acontecer com o volante colombiano Cúellar e o lateral-esquerdo peruano Trauco. Todos ficarão de fora ainda dos compromissos contra Fluminense (em 9 de junho) e CSA (12 de junho). Já o paraguaio Piris da Motta não foi chamado por sua seleção e continuará disponível.

“O Flamengo fez de tudo para ter os jogadores na terça. Mas a data Fifa é soberana e o clube cumpre a obrigação”, lamentou o vice de futebol do Flamengo, Marcos Braz, que arriscou afirmar que Piris da Motta teria preferido não disputar a competição continental. “Entre a seleção e o Flamengo, ele optou pelo Flamengo. Se proceder, só temos a agradecer ao jogador”, finalizou o dirigente.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora