Hellmann escala Inter com apenas 3 titulares em treino para encarar o Paraná

Em um treino realizado na manhã desta sexta-feira, no CT do Parque Gigante, em Porto Alegre, o técnico Odair Hellmann…


Em um treino realizado na manhã desta sexta-feira, no CT do Parque Gigante, em Porto Alegre, o técnico Odair Hellmann esboçou uma escalação do Internacional com apenas três jogadores que hoje considerados titulares do time colorado. Apenas o goleiro Marcelo Lomba e os defensores Rodrigo Moledo e Víctor Cuesta foram mantidos na equipe no trabalho que visou o duelo diante do Paraná, neste domingo, às 17 horas, em Curitiba, pela rodada final do Campeonato Brasileiro.

Com a terceira posição da competição já assegurada e consequentemente também um lugar na fase de grupos da Copa Libertadores de 2019 garantido, a equipe gaúcha tem como única maior motivação terminar com a melhor campanha do clube na era dos pontos corridos do Campeonato Brasileiro, iniciada em 2003.

Assim, Hellmann deverá dar chances para vários reservas atuarem nesta partida de domingo. Um deles é Gabriel Dias, que atuou improvisado na lateral direita, enquanto Uendel foi escalado na ala esquerda. Nomes como Edenílson, D’Alessandro, Nico López, Patrick e Iago desta vez ficaram na equipe reserva.

Com base no treino desta sexta-feira, o Inter poderá ir a campo neste domingo com a seguinte formação: Marcelo Lomba; Gabriel Dias, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Uendel; Charles, Juan, Camilo, Wellington Silva e Rossi; Jonatan Alvez.

O volante Rodrigo Dourado e os atacantes William Pottker e Leandro Damião, que se recuperam de lesões, ficaram mais uma vez fora de um treino do time, assim como já havia ocorrido na quinta-feira. A impressão inicial era a de que Dourado havia sido apenas poupado da atividade do dia anterior, mas nesta sexta ele não treinou por ainda estar com dores no pé direito.

Depois do treino desta sexta, Hellmann admitiu que a formação escalada neste treinamento deverá ser a mesma que irá a campo no domingo. “A gente ainda tem o treino de amanhã (sábado), mas é provavelmente aquele time. Eu não uso o termo reserva ou titular, usamos todo o grupo neste ano, oportunizamos todos que fizeram parte do grupo, construíram a caminhada, nos colocaram na Libertadores. Tenho confiança neles”, disse o comandante, em entrevista coletiva, na qual pouco depois enfatizou: “Usaremos o grupo, confiamos no grupo, e vamos muito fortes para lá”.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!