Golaço de falta dá vitória ao Rio Branco em Itapira

Cobrança perfeita do meia Felipinho, aos 34 do 2º tempo, coroou o domínio do Tigre na etapa final; equipe faz os próximos jogos em casa


Com um golaço de falta de Felipinho, o Rio Branco venceu a Itapirense por 1 a 0, em Itapira, na tarde deste sábado (17). A vitória na estreia da terceira fase do Campeonato Paulista Sub-23 Segunda Divisão deixa o Tigre no topo do Grupo 15, com três pontos, ao lado do Flamengo, que também neste sábado bateu o Mauá por 1 a 0, em outra vitória de visitante. Os dois primeiros de cada grupo avançam às quartas de final. No próximo sábado (23), o Rio Branco recebe o Mauá no estádio Décio Vitta, em Americana, às 15h.

Para o técnico Marcos Campangnollo, que já ficaria satisfeito com um empate, a vitória deveu-se ao conjunto e ao talento de seu camisa 10. “Hoje [o Felipinho] é nosso equilíbrio no meio de campo”, disse o treinador à transmissão em rede da Rádio VOCÊ (AM 580), Rádio Esporte Clube e Rádio e TV Esporte Web após a partida. Os dois próximos jogos do Tigre serão em Americana.

O Rio Branco começou assustando. Aos 7 minutos, após escanteio que provocou um bate e rebate, Kayo girou na entrada da área e bateu bem. O goleiro Kinzel desviou e a bola beliscou o travessão. Foi a melhor chance da primeira etapa, na qual o Tigre prevaleceu.

Foto: LÉO SANTOS / TRIBUNA DE ITAPIRA
Felipinho na comemoração do gol da vitória do Rio Branco

Aos 8 minutos do segundo tempo, o time alvinegro levou um susto com uma bola na trave. Foi a melhor aparição da Itapirense. A partir daí, o Rio Branco virou dono do jogo. Aos 14 minutos, Bismarck cobrou falta pela direita, a bola passou por todo mundo e saiu pela linha de fundo. Aos 16 minutos, Thiago invadiu a área da Itapirense pela esquerda, mas estendeu demais e a bola saiu.

Dois minutos mais tarde, Maranhão roubou a bola na defesa e enfiou ótimo lançamento para Braga, que invadiu a área, mas foi bloqueado no chute. A supremacia do Rio Branco foi recompensada. Aos 34 minutos, da entrada da área, Felipinho cobrou falta com perfeição, colocada, e botou no ângulo esquerdo de Kinzel. Após o golaço, o meia disse, na saída do gramado, que se sente abençoado. O jogador, porém, recebeu neste sábado seu terceiro cartão amarelo e não vai enfrentar o Mauá por ter que cumprir suspensão automática.

Ficha Técnica
Itapirense 0 x 1 Rio Branco

Itapiresen: Kinzel; Alan (Rocha), Zé Junior, Alex e Lucas Moraes; Lucas Gonçalves, Rapchan, Maranhão e Danilinho; Alisson (Alan Jr.) e Bruno (Vinicius). Técnico: Luís dos Reis.

Rio Branco: Alan; Patrik (Rafael Cursino), Crepaldi e Wellerson; Leandro, Kayo, Maranhão, Bismarck (Mazinho) e Felipinho; Gabriel Braga e Thiago. Técnico: Marcos Campangnollo.

Gol: Felipinho, aos 34’/2T (Rio Branco).

Cartões amarelos: Alex e Rapchan (Itapirense); Crepaldi, Wellerson e Felipinho (Rio Branco).

Público: 170 pagantes.

Renda: R$ 1.407,00.

Árbitro: Rodrigo Pires de Oliveira.

Local: Estádio Coronel Francisco Vieira, em Itapira

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora