França mobilizará 110 mil policiais para segurança no final de semana

A França contará 110 mil policiais e 44 mil bombeiros nas ruas do país no final de semana por conta…


A França contará 110 mil policiais e 44 mil bombeiros nas ruas do país no final de semana por conta da celebração da Revolução Francesa no sábado e da final da Copa do Mundo no domingo, informou nesta sexta-feira o ministro do Interior, Gérard Collomb.

No domingo, serão mais de 230 espaços com telões pelo país. São esperados um milhão de pessoas nas ruas para acompanhar a decisão do Mundial contra a Croácia. O local que deve receber mais torcedores é o Champ de Mars em Paris, que tem capacidade para 90 mil espectadores e contará com 4 mil policiais.

Collomb informou que haverá um perímetro fechado com segurança reforçada e controle de quem entra e quem sai nessa região em Paris. Em Estrasburgo, os torcedores ficarão concentrados em um parque com capacidade para 25 mil pessoas. As cidades e Tolouse e Lyon se preparam para receber 20 torcedores cada.

Caso a França seja campeã, a segurança nas ruas “será ainda mais reforçada”, afirmou o ministro. Collomb, no entanto, evitou antecipar a programação para o retorno da seleção francesa a Paris caso o título seja confirmado. Segundo ele, os detalhes serão informados pelo presidente Emmanuel Mácron.

Antes da decisão da Copa, os franceses também estão preocupados com a segurança da sua principal festa nacional, o 14 d julho, ou Dia da Bastilha, que inclui o tradicional desfile militar e a comemoração com fogos de artifício na Avenida Champs Elysees, em Paris. O local contará com a presença da Mácron e receberá 2.900 policiais. À noite, o Champ de Mars receberá um concerto popular sob supervisão de 2.200 policiais.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!