Felipão reclama do gramado do estádio Rei Pelé após empate com o CSA


O técnico Luiz Felipe Scolari deixou o estádio Rei Pelé insatisfeito também com a qualidade do gramado, em Maceió. Felipão, que criticara a atuação do Palmeiras, acredita que as condições do campo prejudicaram o futebol do seu time, que ficou no empate por 1 a 1 com o CSA, nesta quarta-feira, pela segunda rodada do Brasileirão.

Para Felipão, o gramado alto acabou prejudicando a equipe. “A bola não rolava com facilidade e, ao término do primeiro tempo, nós já estávamos com um grau de cansaço bem maior – o que é normal porque nós jogamos em outro tipo de grama”, justificou o treinador, na entrevista coletiva.

Ele disse ainda que as condições do gramado fazem com que as dificuldades aumentem, prejudicando o rendimento dos jogadores. Apesar disso, diz Felipão, o time se comportou dentro do esperado. “A exceção de um ou dois jogadores, que vou observar melhor para incluí-los ou não na próxima partida”, frisou o técnico, que escalou uma equipe quase toda reserva nesta tarde.

Questionado sobre o ritmo que pretende empregar para as próximas partidas, Felipão disse que pretende manter a mesma tática aplicada para o jogo contra o CSA. “Dependemos de jogos nas quartas e domingo, da Copa do Brasil, Copa Libertadores, Campeonato Brasileiro, vou alternar cinco, seis, sete [jogadores] em determinados jogos. Tenho condições para isso”, ponderou o treinador.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!