Ex-jogador Falcão se diz preocupado com futsal

Em visita a Americana, atleta entende que sua aposentadoria pode enfraquecer esporte quanto à projeção e visibilidade


Em visita a Americana, o ex-jogador de futsal Falcão revelou, nesta sexta-feira, uma preocupação sobre o futuro da modalidade. O craque apontou que sua aposentadoria pode enfraquecer o esporte em questão de visibilidade e, consequentemente, investimento.

Segundo ele, o futsal já corre risco de perder espaço na televisão. “Se você não estiver na TV, você não é visto, e o investidor não quer investir. Então, acredito que a minha parada pode ser preocupante sim, não sei até que ponto”, afirmou.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Falcão foi atleta por 24 anos e sua aposentadoria é um divisor

Falcão pendurou as chuteiras em dezembro de 2018, após 24 anos de carreira. Naquele momento, o Brasil perdeu o atleta que era referência do País na modalidade.

“No meu momento, foi muito bom, por ter popularizado o esporte no Brasil e no mundo, por ter aumentado os números do esporte em mídia e investimento”, comentou.

O craque torce pelo surgimento de um jogador que, assim como ele, consiga atrair holofotes para o futsal. “Espero que apareça logo uma nova referência para que possa segurar tanto o público quanto a mídia”, apontou.

Aposentado há sete meses, Falcão contou que não sente falta das quadras, até porque costuma marcar presença em jogos de exibição. “Mais de 50% dos meus eventos é jogando. Então, acaba tapando um pouquinho o buraco”.

Atualmente, aos 42 anos, ele também promove palestras e participa de eventos com patrocinadores. “Quando achei que parei para dar uma descansada, muito pelo contrário. Estou trabalhando muito mais do que quando eu jogava, e está sendo muito legal”, disse.

Em Americana, o craque esteve no Supermercado Crema, na unidade da Avenida Nossa Senhora de Fátima, em uma ação comercial. Na ocasião, ele distribuiu autógrafos e posou para fotos. A entrada do estabelecimento estava lotada de crianças que queriam vê-lo. “É impressionante a relação que elas têm comigo, e eu fico muito feliz por isso”, declarou.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora