Estádio Antonio Guimarães tem energia cortada

As dívidas foram acumuladas pelas gestões anteriores do União Barbarense e somam cerca de R$ 20 mil


O Estádio Antonio Lins Ribeiro Guimarães, de Santa Bárbara d’Oeste, está com a energia elétrica cortada por causa de contas atrasadas. As dívidas foram acumuladas pelas gestões anteriores do União Barbarense e somam cerca de R$ 20 mil, segundo o diretor de futebol Clayton Vieira.

O dirigente espera resolver essa situação o mais rápido possível. “Estamos correndo para pagar essa conta e assim fazer a religação da energia”, disse.

O Alvinegro só deve voltar a campo no mês de abril, para a disputa do Paulista Sub-23 Segunda Divisão. Mas, em 3 de janeiro, o estádio vai receber os primeiros jogos do Grupo 7 da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Desta forma, a diretoria precisa resolver a situação em, no máximo, duas semanas. O esquema de segurança, por outro lado, foi definido pelas autoridades nesta quinta-feira.

Em setembro, o Antonio Guimarães também teve a energia cortada por falta de pagamento. À época, o problema deu origem a um desentendimento público entre a diretoria unionista e a empresa RCA Sports, que era responsável pela categoria Sub-20.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora