Em Belém, Paysandu empata com o Atlético-ES por 1 a 1 e é bicampeão da Copa Verde

Os 35 mil torcedores bicolores que compareceram ao estádio do Mangueirão, em Belém, nesta quarta-feira, sofreram, mas no final comemoram…


Os 35 mil torcedores bicolores que compareceram ao estádio do Mangueirão, em Belém, nesta quarta-feira, sofreram, mas no final comemoram o bi da Copa Verde conquistado pelo Paysandu com o empate por 1 a 1 diante do Atlético-ES no segundo jogo da decisão. No Espírito Santo, o time paraense havia vencido por 2 a 0.

Desde que a Copa Verde passou a ser disputada, em 2014, o Paysandu chegou a quatro finais: são dois vices (2014 e 2017) e agora dois títulos (2016 e 2018). Além de garantir presença nas oitavas de final da Copa do Brasil de 2019, o time paraense recebeu um prêmio de R$ 168 mil.

Mesmo com uma boa vantagem, o Paysandu começou a partida pressionando o Atlético-ES e criou duas boas oportunidades com Mike e Matheus Silva – ambas pararam no goleiro Bambu. Na única subida ao ataque, o time capixaba abriu o placar aos 39 minutos. Paulinho cruzou na primeira trave e Eraldo desviou de cabeça para as redes.

Em busca do empate para ficar mais tranquilo, o Paysandu partiu com tudo para cima do Atlético-ES, que explorava o contra-ataque. O gol do alívio veio aos 27 minutos. O meia Pedro Carmona, que havia acabado de entrar, chutou colocado de fora da área, sem chances para Bambu. Depois disso, o time capixaba desanimou e os donos da casa passaram a valorizar a posse da bola, apenas esperando o apito final.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!