Decisivo, Guerrero vira artilheiro do Inter em 2019 e ganha elogios


O Internacional precisou esperar oito meses para utilizar Paolo Guerrero, mas parece ter valido a pena. Na noite de quinta-feira, o atacante ampliou o seu bom começo com a camisa do clube ao marcar dois gols na vitória por 3 a 1 sobre o Paysandu, no confronto de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, realizado no Beira-Rio. E, assim, se tornou o artilheiro do time na temporada 2019.

Guerrero foi anunciado como reforço do Inter em agosto de 2018, mas reviravoltas no seu caso de doping só o permitiram disputar seu primeiro jogo pelo clube em abril. Desde então, entrou em campo dez vezes, com sete gols marcados, tendo superado o uruguaio Nico López, que fez seis, como artilheiro do time nesta temporada.

Coincidentemente, Guerrero sempre deixou a sua marca em estreias no Inter. Foi assim em seu primeiro jogo pelo clube no Campeonato Gaúcho, na Libertadores, no Brasileirão e, agora, na Copa do Brasil, sendo decisivo para um triunfo que deixa o time mais próximo das quartas de final da competição. Por isso, o técnico Odair Hellmann celebrou o fato de contar com o centroavante peruano no elenco.

“O Paolo é um grande jogador, de experiência internacional e qualidade técnica. Um exímio finalizador, que agrega qualquer plantel. Ele veio no momento certo, na hora certa e no lugar certo. Temos que ressaltar o papel da direção na sua contratação e também a maneira como o grupo o recebeu. A estrutura que ele encontrou deu um respaldo muito importante para demonstrar o seu futebol”, disse.

O triunfo, porém, não foi conquistado sem sustos, tanto que o Paysandu chegou a arrancar o empate em 1 a 1 no começo do segundo tempo. Mas o volume de jogo do Inter deixou Odair satisfeito.

“Criamos muitas chances, principalmente no primeiro tempo. Poderíamos ter saído com uma vantagem maior. Tivemos algumas frustrações, como o gol anulado pelo VAR e o empate do Paysandu, no começo do segundo tempo. Mas conseguimos buscar a vantagem. A imposição e o volume de jogo que tivemos gerou a vitória”, explicou o treinador.

O duelo de volta entre Paysandu e Inter vai ser disputado na próxima quarta-feira, no Mangueirão, sendo que o time gaúcho pode perder por até um gol de diferença para avançar às quartas de final da Copa do Brasil. Antes, no domingo, o time vai visitar o Santos, na Vila Belmiro, pela sexta rodada do Brasileirão.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora