Real Madrid apresenta meia de 19 anos

Contratado por cerca de 17 milhões de euros (aproximadamente R$ 73 milhões) junto ao Manchester City, Brahim Díaz vestirá a camisa 21


Visualizar esta foto no Instagram.

Historia que tú hiciste, historia por hacer ⚽️🎶

Uma publicação compartilhada por Brahim Díaz (@brahim) em 7 de Jan, 2019 às 5:55 PST

O momento não é dos melhores, mas o Real Madrid apresentou nesta segunda-feira uma aposta para o futuro. Em um evento no estádio Santiago Bernabéu, em Madri, com a presença do presidente Florentino Pérez, o clube apresentou o meia espanhol Brahim Díaz, de 19 anos, contratado por cerca de 17 milhões de euros (aproximadamente R$ 73 milhões) junto ao Manchester City.

A apresentação do jogador aconteceu um dia depois da derrota em casa para a Real Sociedad por 2 a 0, que deixou o Real Madrid na quinta colocação do Campeonato Espanhol com 30 pontos, 10 atrás do líder Barcelona. Foi o primeiro jogo do atacante Vinícius Junior como titular da equipe comandada pelo treinador Santiago Solari.

“Hoje (segunda-feira) é o dia mais importante. Chego ao clube em que sempre sonhei, não poderia ter um presente maior do que vestir essa camisa. Quando tomei a decisão de deixar o City, só considerava três opções: a primeira, jogar no Madrid; a segunda, jogar no Madrid; e a terceira, jogar no Real Madrid. Impossível ir a outro clube”, afirmou. “Sou muito agradecido ao City, que me valorizou muito, mas agora estou no Real e quero ser grande aqui”, completou.

Brahim Díaz assinou um contrato de seis anos e vestirá a camisa 21. Nesta temporada, foram somente quatro jogos disputados no Manchester City e dois gols – ambos pela Copa da Liga Inglesa.

“Quero usar essa camisa para ganhar sempre e deixar a alma para o melhor clube do mundo. Prometo dar 100% desde o primeiro dia. Agradeço de coração a minha família, por poder cumprir esse sonho graças ao seu enorme esforço. Vou tentar deixar eles orgulhosos”, finalizou o meia, que minimizou a fase difícil que vive a equipe na temporada. “Estes jogadores ganharam quatro Ligas dos Campeões em cinco anos e não se pode duvidar deles”.

Sobre esta fase difícil, apesar da recente conquista do título do Mundial de Clubes da Fifa pela terceira vez seguida, o presidente do Real Madrid pediu calma a todos. “A exigência máxima nos acompanha na história para conquistar 13 Ligas dos Campeões. Os torcedores devem valorizar estes êxitos, mas somos conscientes que este tempo de triunfos também vem acompanhado de dificuldades e momentos esportivos difíceis”, disse Florentino Pérez.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!