‘Cruzeiro deu uma relaxadinha após o título do Estadual’, admite Mano


Com a confiança em alta e o título do Campeonato Mineiro nas mãos, o Cruzeiro estreou no Brasileirão com uma derrota para o Flamengo. O revés foi superado na quarta com a primeira vitória na competição, sobre o Ceará, diante da torcida. Esta oscilação, na avaliação do técnico Mano Menezes, se deve a uma “relaxadinha” e a uma “balançadinha natural” que o time sofreu após o troféu estadual.

“O time que é campeão geralmente passa uma ou duas semanas dando uma relaxadinha de alívio. Esse alívio faz com que a gente tenha pequenas quedas de produção. Tivemos um embalo e fomos à Venezuela e fizemos 2 a 0 diante do Deportivo Lara. Mas até pela viagem de sete horas para ir e sete horas para voltar, sábado contra o Flamengo o nosso segundo tempo foi ruim, abaixo do que a gente pode produzir e, por isso, tivemos a nossa primeira derrota na temporada em 23 partidas”, disse Mano, em entrevista ao canal Sportv.

O técnico admite que o revés incomodou o grupo, que retomou sua maior concentração para o confronto com o Ceará, no Mineirão. “Depois daquela derrota [para o Flamengo], dá uma balançadinha natural. Fizemos um jogo médio contra o Ceará. Embora o Ceará tenha feito um bom jogo, o Cruzeiro como um todo podia ter produzido mais. Mas vai retomando aos pouquinhos. Tenho certeza que diante do Goiás vamos fazer um jogo melhor dentro dos nossos parâmetros”, disse Mano, já projetando a terceira rodada do Brasileirão.

Depois do triunfo sobre o Ceará, o Cruzeiro se reapresentou na tarde desta quinta-feira. Mas somente os reservas e aqueles que não jogaram os 90 minutos foram a campo. Os titulares fizeram apenas trabalho regenerativo.

O grupo volta aos trabalhos na tarde desta sexta-feira, às 15h30. Mano, então, definirá a formação que usará contra o Goiás, no Mineirão, no domingo, pela terceira rodada do Brasileirão.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora