Corinthians tem seis mudanças para encarar o São Bento no Paulistão

Ataque será formado por Vagner Love e Boselli, enquanto dupla de zaga terá Marllon e Pedro Henrique em duelo que acontece neste sábado


Três dias depois de o Corinthians conseguir uma classificação sofrida na Argentina, na Copa Sul-Americana, o técnico Fábio Carille decidiu poupar seis jogadores por desgaste muscular no Paulistão. Neste sábado (02), às 16h30, diante do São Bento, em Sorocaba, os zagueiros Henrique e Manoel, os volantes Ralf e Ramiro, o meia Pedrinho e o atacante Gustagol ficam no banco de reservas.

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Corinthians tem seis mudanças para duelo contra o São Bento, neste sábado

A mexida dá nova oportunidade para a zaga reserva (Marllon e Pedro Henrique) e também para os atacantes que desencantaram nos dois últimos jogos: Vagner Love e Boselli. Gustavo deve entrar no segundo tempo.

O meia Jadson, que treinou pela segunda vez no campo nesta semana, continua fora. Ele se recupera de dores nos dois joelhos e deve ser preservado para o jogo contra o Santos, no dia 10, na Arena Corinthians.

O time de Carille vai defender a liderança do Grupo C do Paulista com um ponto a mais que a Ferroviária. O goleiro Cássio, herói da classificação, afirma que o time está evoluindo, apesar de algumas falhas defensivas: “Em algumas partidas, nós vacilamos contra times de menor expressão e precisamos corrigir isso”.

Embora tenha uma defesa inconstante, o Corinthians alcançou todas as metas que a comissão técnica havia traçado para os dois primeiros meses. O time avançou duas fases na Copa do Brasil, superou a primeira da Sul-Americana e lidera o seu grupo no Paulistão.

SÃO BENTO

O rival do Corinthians vai apostar neste sábado no lateral-direito Régis, velho conhecido da torcida do time de Sorocaba. O clube abriu as portas para o jogador depois que ele reconheceu seus problemas pessoais – chegou a ser detido duas vezes, uma em Brasília (DF) e outra em Maceió (AL).

Regularizado, ele deve estrear contra o Corinthians. Em 2018, Régis foi o destaque do São Bento no Estadual. Ele tem características ofensivas e gosta de partir para o drible. As boas atuações chamaram a atenção do São Paulo, que o contratou. No Morumbi conquistou a condição de titular e vinha despontando, mas repentinamente foi afastado para resolver problemas pessoais. Pouco tempo depois, foi liberado pelo clube, sem grandes explicações.

Recentemente, ele reconheceu ter problemas com álcool e drogas. Assinou com o CSA um contrato que previa rescisão em caso de expor o nome do clube. Mesmo com acompanhamento de psicólogos e até pastores, Régis foi detido ao tentar invadir um motel na cidade de Maceió e também acabou dispensado. O São Bento, que vive uma crise no Campeonato Paulista, abriu as portas para o jogador, que promete dar a volta por cima.

Sua estreia contra o Corinthians está praticamente confirmada, já que ele vinha treinando normalmente com o CSA, inclusive vinha sendo o destaque do Campeonato Alagoano. Lanterna do Estadual, o São Bento ainda não venceu nesta temporada e corre sério risco de rebaixamento.

Se perder dentro do estádio Walter Ribeiro praticamente confirma sua volta para a Série A2 do Campeonato Paulista. Pressionado, o técnico Silas Pereira fez mistério sobre o time titular.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!