Corinthians confirma Ramiro como desfalque dois dias após confirmá-lo em viagem


O volante Ramiro não viajou para a Venezuela por causa de um desconforto na coxa direita. A assessoria de imprensa do Corinthians, no entanto, só avisou sobre a ausência do jogador no início da noite desta quarta-feira, véspera da partida contra o Deportivo Lara pela segunda fase da Copa Sul-Americana.

Ramiro estava presente na lista de relacionados enviada pelo clube aos jornalistas, em erro que só foi confirmado posteriormente. “Na segunda-feira, o meia Ramiro foi retirado da lista que viajava para a Venezuela por sentir um desconforto na coxa direita. Pedimos desculpas por não comunicar antecipadamente”, afirmou a assessoria de imprensa do clube.

O volante era o principal candidato a assumir a vaga de Pedrinho na partida contra o Deportivo Lara, pois o titular é desfalque por estar na seleção brasileira olímpica. Como o Corinthians venceu o jogo de ida por 2 a 0, a tendência era Fábio Carille optar por um jogador mais forte na marcação.

Com a ausência de Ramiro, Carille tem inúmeras opções. A mais provável é colocar Gustavo no comando do ataque e deslocar Vagner Love para a direita. Mas também pode optar por Jadson, Regis ou até improvisar o volante Gabriel, que viajou para a Venezuela. Há também a possibilidade de promover a estreia do volante Matheus Jesus.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora