Conmebol anuncia eleições para 11 de maio e pede que Domínguez se candidate

A Conmebol anunciou a convocação de eleições presidenciais para o dia 11 de maio. Em uma reunião realizada na noite…


A Conmebol anunciou a convocação de eleições presidenciais para o dia 11 de maio. Em uma reunião realizada na noite de segunda-feira, em Lima, no Peru, o conselho da entidade definiu a data do pleito e pediu que o atual mandatário, o paraguaio Alejandro Domínguez, lance sua candidatura para a reeleição.

A reunião contou com a presença ilustre do presidente da Fifa, Gianni Infantino, além dos líderes de todas as federações nacionais que compõem a Conmebol. Eles aprovaram por unanimidade a data da nova eleição e decidiram também que no pleito serão definidos os cargos de primeiro, segundo e terceiro vice-presidentes, além de um representante sul-americano na entidade máxima do futebol.

O conselho ainda pediu formalmente que o atual presidente da Conmebol, Domínguez, apresente sua candidatura. Os dirigentes enviaram uma carta ao mandatário, na qual pediram para ele “valorizar a continuidade do trabalho de institucionalização e transparência da gestão alcançada em seu mandato como presidente da Conmebol”.

A tendência, inclusive, é que Domínguez seja o candidato único da eleição. O paraguaio foi eleito emergencialmente em janeiro de 2016 para um mandato de três anos, tempo restante previsto para a administração de Juan Angel Napout, preso em dezembro de 2015 por envolvimento em um escândalo de corrupção.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!