Conmebol antecipa julgamento do caso River Plate para esta sexta-feira

Um dia depois de acionar a Conmebol para pedir a reversão dos pontos da segunda partida da semifinal da Libertadores…


Um dia depois de acionar a Conmebol para pedir a reversão dos pontos da segunda partida da semifinal da Libertadores contra o River Plate, em função do descumprimento do regulamento da competição por parte do técnico da equipe argentina, Marcelo Gallardo, a diretoria do Grêmio revelou que a entidade vai julgar o caso nesta sexta-feira, a partir das 12 horas (de Brasília), em Assunção.

O clube gaúcho ainda acusou o rival de ser conivente com a ação irregular do seu treinador, que estava suspenso, mas viu o jogo de um camarote na Arena Grêmio, usando rádio para se comunicar com o auxiliar que dirigia o time. Para completar, foi até o vestiário da equipe no intervalo do jogo que o River Plate venceu de virada por 2 a 1.

O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Junior, acusou River Plate e Marcelo Gallardo de debocharem da Conmebol e enfatizou: “O que está em jogo aqui são valores mais profundos. O que está em jogo é a honra do torneio e da Conmebol”.

A confederação marcou as datas das finais entre River Plate e Boca Juniors: 10 e 24 de novembro, em dois sábados.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!