Com várias estrelas, jogo beneficente de D’Alessandro leva 23 mil ao Beira-Rio

Com a presença de 23.100 torcedores, jogo beneficente promovido por meia do Inter foi realizado neste domingo


Com a presença de 23.100 torcedores nas arquibancadas do Beira-Rio, o jogo beneficente promovido por D’Alessandro, meia do Internacional, foi realizado no final da tarde deste domingo, em Porto Alegre, onde ocorreu a segunda edição do confronto festivo batizado de Lance de Craque.

O duelo reuniu várias estrelas do passado e do presente do futebol, sendo que a renda do confronto será destinada para as seguintes entidades: Instituto Amigos de Lucas, Centro de Reabilitação de Porto Alegre, Pequena Casa da Criança, Centro de Promoção da Infância e da Juventude e Casa da Juventude, de Canoas. O Hospital da Criança Santo Antônio, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Campos do Cristal e um hospital veterinário indicado pela Secretaria Especial dos Direitos dos Animais também serão agraciados com parte do valor arrecadado com a partida.

Ex-jogadores do Internacional como Iarley, Ceará, Índio e Bolívar participaram do duelo, assim como estiveram presentes outros atletas vencedores pelo clube como Rentería, Leandro Damião, Magrão, Nei, Taison, Lauro e Kleber. Já do grupo atual da equipe colorada estavam o meia-atacante Anderson e o volante Rodrigo Dourado.

O goleiro Goycochea, o meia Ruben Paz e o técnico Argel também marcaram presença como atrações do jogo beneficente, que teve Dunga como um dos técnicos da equipe Esperança. Já o time Solidariedade foi dirigido por Paulo Roberto Falcão e Andrey Lopes. No fim, esta última equipe venceu o confronto por 7 a 4.

D’Alessandro entrou em campo com o filho Gonzalo, nascido há poucas semanas, no colo e agradeceu aos espectadores pela presença no Beira-Rio. “Muito obrigado por terem vindo. Vocês são muito importantes nesta causa. Meu filho é gaúcho e portoalegrense. Tenho orgulho disso. Sem vocês, não seria possível fazer esse evento. Tenho que agradecer a esses atletas, brasileiros, argentinos, uruguaios, que deixaram seu período de férias. Obrigado e boa festa”, afirmou o jogador.

Entre os estrangeiros presentes, destaque para Palermo, ex-Boca Juniors, que foi autor de dois gols de cabeça pelo time Esperança, escalado inicialmente com Danrlei; Ceará, Índio, Argel e Sorín; Dourado, Lucho González e D’Alessandro; Palermo, Recoba e Iarley. Já os reservas desta equipe foram Lauro, William, Bolívar, Baidek, Márcio Chagas, Vangioni, Zé Elias, Iarley, Toni Pacheco e Leandrão.

Já a equipe Solidariedade foi escalada com Goycochea; Nei, Ayala, Heinze e Wendell; Magrão, Anderson, Aimar e Ruben Paz; Taison e Leandro Damião. No time reservam estavam Marcelo Grohe, Leonardo Silva, Kleber, Darío Rodríguez, Sandro Sotilli, Marcelo D’Alessandro, Francisco Ayala e Rentería.

Dono da festa, D’Alessandro disputou um tempo por cada time, sendo que na primeira parte do duelo ele chegou a comemorar um gol com Leandro Damião, hoje sem clube após defender o Cruzeiro e que tem a sua possível volta ao Inter sendo cogitada neste final de ano.

rhoads pharmacy coupons discount prescription card photo prints walgreens
LIBERAL VIRTUAL Acesse agora