Com sede em Santa Bárbara, União estreia hoje na Copinha

Além do União Barbarense, que estreia contra o Novorizontino, Vitória (BA) e Desportiva (ES) são os demais integrantes do Grupo 14


Depois de quatro anos, a RPT (Região do Polo Têxtil) volta a receber uma edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior. A sede, desta vez, é Santa Bárbara d’Oeste, a casa do Grupo 14. União Barbarense e Novorizontino abrirão os trabalhos da chave nesta quinta-feira, às 19h15, no estádio Antonio Lins Ribeiro Guimarães, que estava interditado e foi liberado pela FPF (Federação Paulista de Futebol) nesta quarta.

A Copinha não passava pela região desde 2015, quando teve um grupo sediado em Sumaré. Santa Bárbara recebeu a competição em duas oportunidades: 1998 e 2006. O torneio retorna à cidade após 13 anos, com Dário Furlan, ex-presidente do União, como delegado responsável pela sede. “Já é muito gratificante o União estar sendo sede de uma Copa, principalmente da 50ª [edição], que é a bodas de ouro da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Para mim, então, não tem nem como descrever isso”, disse.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
No gramado do estádio Antonio Guimarães, a bola oficial do campeonato, que reúne 128 equipes de todo o Brasil

Nesta quarta, com os portões fechados, o União fez os últimos ajustes para a estreia. O técnico do alvinegro, Sandro Lima, apontou que o adversário tem se destacado nas categorias de base. Ele citou, como exemplo, o desempenho do clube nos torneios estaduais.

Em 2018, o Novorizontino chegou à terceira fase do Paulista Sub-20 e às semifinais do Sub-17. “Acredito que deva ser um jogo muito parelho se forem os mesmos jogadores que jogaram essas duas competições”, afirmou.

O Grupo 14 ainda conta com o Vitória (BA), atual vice-campeão brasileiro Sub-20, e a Desportiva Ferroviária (ES). “A gente tem uma equipe muito competitiva, mas caímos num grupo muito difícil também”, ressaltou Lima.

O Leão da 13 iniciou a preparação para Copa São Paulo em 22 de outubro. Em princípio, a equipe era treinada por Rodrigo Rojas, o Cebola, que acabou demitido. A diretoria, então, apostou em Lima, que atuava como preparador físico.

Sob o comando de Cebola, o time realizou seis jogos-treinos, com duas vitórias, um empate e três derrotas. Com Lima, houve mais seis partidas amistosas. O União venceu uma, empatou outra e perdeu quatro.

“Você faz um tempo com o time titular e, depois, põe a equipe considerada reserva. Aí você começa analisar quem consegue suportar ou não um jogo para uma equipe titular. E sempre acontece que, quando entra o segundo time, cai um pouco”, considerou.

Para ser clube sede da Copinha, o União contou com o apoio dos investidores Adilson Pavão e Valmir Costa.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Leandro Guizi tem quatro edições de Copa São Paulo em sua carreira

Um dos destaques do União Barbarense é o lateral-esquerdo Leandro Guizi, que já defendeu o clube em outras três edições da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Neste ano, porém, há uma novidade: ele jogará pela primeira vez em sua cidade natal.

“É a quarta Copinha que vou disputar, o que não é todo mundo que consegue. E ainda em casa, porque sou de Santa Bárbara também. Então vou jogar em casa, ao lado da torcida, da minha família. É muito gratificante, muito especial para mim”, disse o atleta de 19 anos, que será capitão do time.

Além dessa bagagem na principal competição de base do País, Guizi também acumula experiência na equipe profissional do alvinegro. Ele chegou a ser titular no Campeonato Paulista da Série A3 de 2018.

“Estou bem mais maduro, bem mais experiente. É uma bagagem maior. O profissional me ajudou muito a ter uma autoconfiança para jogar”, comentou.

Para ele, com raça e qualidade, o Leão da 13 poderá superar as outras campanhas que teve na Copinha. “O corpo do nosso time é a raça e determinação”, apontou.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
O técnico do alvinegro, Sandro Lima

FICHA TÉCNICA:

UNIÃO BARBARENSE Tilieri; Iann, Vinicius, Arthur e Leandro Guizi; Brandão, Pará, Pedrinho e Max; Danilo e Victor Bahia. Técnico: Sandro Lima.

NOVORIZONTINO Vinicius; Justen, João, Gudão e Leo Griggio; Jackson, João Barba e Diego; Nando, Cauê e Tocantins. Técnico: Mário Henrique.

ÁRBITRO: Lucas Bovi Baptistella.

LOCAL: Estádio Antonio Lins Ribeiro Guimarães, às 19h15, em Santa Bárbara d’Oeste (SP).

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!