Com reservas, Inter bate Atlético-MG em Belo Horizonte e pula para o 4º lugar


Mesmo poupando os titulares para o jogo de volta da final da Copa do Brasil, o Internacional conquistou grande vitória sobre o Atlético-MG neste sábado, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, a última do primeiro turno. A equipe gaúcha venceu por 3 a 1 no Independência, em Belo Horizonte.

A derrota impede o Atlético de se aproximar da briga por um espaço entre os seis primeiros colocados. Com 27 pontos, o time mineiro é o oitavo colocado e já chega à quinta derrota seguida. A equipe

Já o Inter, agora com 33 pontos, é o quarto colocado. Mesmo alternando o foco com outras competições como a Copa do Brasil e a Libertadores, o time de Odair Hellmann faz boa campanha no Brasileirão, tanto que engatou o terceiro triunfo seguido. O time gaúcho terá de torcer por tropeços de Corinthians e São Paulo para permanecer no grupo dos quatro primeiros.

Os visitantes começaram fazendo jogo equilibrado e não deixaram o Atlético aplicar a tradicional pressão que costumar impor nos primeiros minutos quando joga em casa.

Perigoso nos contra-ataques, o time visitante abriu o placar aos 28 minutos, quando Réver afastou mal e a bola sobrou para William Pottker completar de cabeça para o fundo do gol.

No início da segunda etapa, o contra-ataque colorado funcionou novamente. Aos sete minutos, Rafael Sóbis arrancou pela direita e deixou Neilton de frente com o goleiro Cleiton para dar um toque com frieza e ampliar a vantagem.

Após o gol, o Atlético partiu para o ataque e exigiu lindas defesas do goleiro Danilo Fernandes. Ele evitou gol de Di Santo em chute à queima-roupa e, minutos depois, praticou mais uma bela intervenção espalmando bola cabeceada por Leonardo Silva.

No entanto, justamente no melhor momento do Atlético no jogo, o Internacional marcou mais um, novamente explorando os contragolpes. Dessa vez, aos 18 minutos, Pottker avançou pela direita e tocou rasteiro na saída de Cleiton.

Já aos 41 minutos, o Atlético descontou com Bruninho, aproveitando a sobra dentro da área para completar de primeira. No entanto, não havia mais tempo para reação e o time da casa não conseguiu evitar a quinta derrota consecutiva.

O Internacional volta a campo, pelo Campeonato Brasileiro, no próximo domingo, quando recebe a Chapecoense no Beira-Rio, pela 20ª rodada, a primeira do segundo turno. Antes disso, o time gaúcho disputa a final da Copa do Brasil, também em seu estádio, contra o Athletico-PR, na quarta-feira.

O Atlético também tem compromisso importante no meio da semana. Na próxima quinta-feira, o time mineiro faz, na Argentina, o primeiro jogo da semifinal da Copa Sul-Americana contra o Colón. A equipe alvinegra só joga pelo Brasileirão na segunda-feira, dia 23 de setembro, às 20 horas, contra o Avaí, na Ressacada.

FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-MG 1 X 3 INTERNACIONAL

ATLÉTICO-MG – Cleiton; Patric, Réver, Leonardo Silva e Fábio Santos; Ramón Martínez (Cazares), Elias, Bruninho e Vinícius (Nathan); Chará e Ricardo Oliveira (Di Santo). Técnico: Rodrigo Santana.

INTERNACIONAL – Danilo Fernandes; Heitor, Klaus, Emerson Santos e Zeca; Rithely, Nonato e Neilton (José Aldo); Guilherme Parede, Rafael Sobis (Johnny) e William Pottker (Sarrafiore). Técnico: Odair Hellmann.

GOLS – William Pottker, aos 28 minutos do primeiro tempo; Neilton, aos 7, e William Pottker, aos 18 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Bruno Arleu de Araújo (RJ).

CARTÕES AMARELOS – Guilherme Parede (Internacional).

RENDA – R$ 44.583,00.

PÚBLICO – 18.966 pessoas.

LOCAL – Arena Independência, em Belo Horionte (MG).

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora