Com mudanças em BH, Atlético-MG enfrenta o Santos para espantar má fase

Distanciado da briga pelo título brasileiro por causa da sequência recente no Brasileirão, o Atlético Mineiro vai receber o Santos,…


Distanciado da briga pelo título brasileiro por causa da sequência recente no Brasileirão, o Atlético Mineiro vai receber o Santos, no Independência, em Belo Horizonte, às 11 horas deste domingo. Para o confronto, o técnico Thiago Larghi prevê alterações na equipe titular.

“As mudanças são sempre em prol de uma melhoria e não porque um ou outro foi mal”, disse Larghi em coletiva de imprensa nesta sexta-feira, na Cidade do Galo, em Belo Horizonte. “Temos de confiar no grupo que a gente tem e encontrar o encaixe da peças. Precisamos dar oportunidade aos jogadores para mostrarem o jogo deles. São jogadores que estão trabalhando bem e estão em nível competitivo”, concluiu.

O Atlético-MG conquistou apenas uma vitória nos últimos cinco jogos, que incluem três derrotas e um empate. Esse retrospecto deixou o time treinado por Thiago Larghi em quinto lugar no Brasileirão após 17 rodadas, com 27 pontos ganhos, oito a menos do que o São Paulo, atual líder da competição.

Quem mais tem chance de ganhar uma vaga na equipe titular são os meias Tomás Andrade e Nathan, que devem entrar no lugar do meio-campista Matheus Galdezani e do atacante Luan. Neste caso, o jogador argentino entraria para atuar pela beirada do campo, com Chará do outro lado, Ricardo Oliveira centralizado e Nathan como principal armador.

Poupado do treinamento da última sexta-feira por causa de inflamação nos pontos que levou na orelha, por causa de corte sofrido na derrota por 1 a 0 para o Internacional, na última segunda-feira, Leonardo Silva não deve ser desfalque, ao contrário de Fábio Santos, que ainda se recupera de torção no tornozelo. O lateral-esquerdo que deve ser escalado contra o time santista é Hulk, de 19 anos, prestes a atuar como titular pelo Atlético-MG pela segunda vez na carreira.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO MINEIRO – Victor; Emerson, Gabriel, Leonardo Silva e Hulk; Zé Welison, Elias, Tomás Andrade, Nathan e Chará; Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!