Com Micale sob pressão, Paraná encara Botafogo para tentar deixar lanterna

Três derrotas seguidas fizeram o Paraná cair para a lanterna do Campeonato Brasileiro, com 13 pontos, e deixaram Rogério Micale…


Três derrotas seguidas fizeram o Paraná cair para a lanterna do Campeonato Brasileiro, com 13 pontos, e deixaram Rogério Micale na corda bamba. Será com o treinador sob pressão que o time paranaense vai enfrentar o Botafogo às 11 horas deste domingo, em Curitiba, pela 18ª rodada.

Alvo de críticas dos torcedores, o treinador foi respaldado pela diretoria, mas mesmo assim se sente pressionado no cargo. A derrota em casa para o Ceará, por 1 a 0, no último final de semana, Rogério Micale gerou muitas críticas dos torcedores na capital paranaense.

O presidente Leonardo Oliveira garantiu a permanência do treinador. “É gratificante, porque no futebol brasileiro somos avaliados por resultado e não por performance. Quando vem uma posição dessa do presidente, mostra que tem pessoas pensando no futebol e não olhando só para o placar”, analisou Micale, que tenta manter a frieza apesar dos tropeços.

Apesar do apoio da diretoria, o treinador sabe que um novo tropeço neste domingo pode custar seu cargo. Por isso, neste momento delicado, Rogério Micale vai apostar na experiência.

Sem poder contar com o meia Nadson, vetado pelo departamento médico com uma lesão na coxa, ele confirmou a entrada de Maicosuel, de 32 anos e com passagens por São Paulo, Palmeiras, Botafogo e Atlético-MG, entre outros.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!