Com gol e assistência de Messi, Barça supera PSV e avança; Tottenham bate a Inter

Com um gol e uma assistência de Lionel Messi no segundo tempo, o Barcelona venceu o PSV por 2 a…


Com um gol e uma assistência de Lionel Messi no segundo tempo, o Barcelona venceu o PSV por 2 a 1, nesta quarta-feira, em Eindhoven, na Holanda, e garantiu a sua classificação às oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. Além disso, o time espanhol assegurou com uma rodada de antecipação a liderança do Grupo B da competição, com 13 pontos, fato que lhe dá a vantagem de atuar como mandante no confronto de volta do próximo mata-mata, contra rival a ser definido em sorteio após o término deste estágio do torneio.

O PSV, com apenas um ponto em cinco partidas, está eliminado da disputa por uma vaga nas oitavas. A disputa pela vice-liderança desta chave agora ficou restrita apenas a Tottenham e Inter de Milão. Em outro duelo desta quarta-feira, no estádio de Wembley, em Londres, a equipe inglesa superou o time italiano por 1 a 0 e assumiu o segundo lugar, com sete pontos, mesma pontuação do rival, terceiro colocado pelos critérios de desempate.

Na rodada derradeira deste Grupo B, no dia 11 de dezembro, o Barça vai receber o Tottenham no Camp Nou, enquanto a Inter jogará na Itália contra o PSV.

Em busca de sua primeira vitória nesta fase da Liga dos Campeões, o time holandês tratou de tentar ir para cima da equipe catalã diante dos seus torcedores. E quase abriu o placar nos primeiros 15 minutos. Primeiro em falta cobrada por Pereiro que obrigou o goleiro Ter Stegen a espalmar para escanteio. E depois com o mesmo jogador uruguaio acertando a trave em finalização da entrada da área.

O Barça chegou ao ataque pela primeira vez com maior perigo aos 18 minutos, em chute colocado de Philippe Coutinho que assustou o goleiro Zoet. O PSV, porém, seguiu buscando o gol e quase marcou aos 24, novamente com Pereiro, desta vez desperdiçando ótima chance ao tocar por cima da meta na saída de Ter Stegen após receber passe de cabeça de De Jong.

Coutinho e Messi responderam dez minutos depois, em dois lances seguidos de ataque que foram bastante perigosos, mas o confronto seguia imprevisível e os donos da casa acertariam o poste por duas vezes em um mesmo lance ofensivo, aos 43. Primeiro De Jong desviou de cabeça uma cobrança de escanteio que explodiu no travessão e, no rebote, Dumfries carimbou a trave.

Na etapa final, porém, o gol que teimava em não sair ocorreu por três vezes. O primeiro deles aconteceu aos 15 minutos. Messi puxou o ataque desde o meio de campo e tocou para Dembélé, que devolveu para o argentino invadir a área pelo lado direito, fintar por duas vezes os seus marcadores e chutar forte no canto esquerdo baixo de Zoet.

E o mesmo Messi voltaria a ser decisivo aos 24 minutos. O craque bateu falta pela esquerda, a defesa do PSV deu moleza na marcação e Piqué, com tranquilidade entre dois defensores, desviou de pé direito no canto baixo do goleiro adversário para fazer 2 a 0.

Aos 37, os mandantes descontaram o placar com De Jong completando de cabeça para as redes um cruzamento da esquerda. Depois disso, eles esboçaram uma pressão e o Barça sofreu um pouco, mas também desperdiçou grande oportunidade de matar o jogo aos 43, quando Messi puxou novo contra-ataque em velocidade pelo meio e acionou Malcom, que, livre na cara do gol, chutou por cima da meta adversária. Mas a vitória não escapou das mãos dos visitantes.

No outro confronto desta chave, que foi bem mais pobre na criação de jogadas ofensivas, o Tottenham assegurou o seu triunfo aos 34 minutos do segundo tempo, após uma bela troca de passes. Sissoko avançou pela direita, entrou na área e rolou a bola para Dele Alli, que acionou Eriksen. Livre, o meia dinamarquês finalizou para vencer o goleiro Handanovic.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!