Com gol confirmado pelo VAR, Ceará arranca empate com o Vasco em casa


Em jogo marcado por polêmica, Ceará e Vasco empataram por 1 a 1 no início da noite deste sábado, na Arena Castelão, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os vascaínos deixaram o campo criticando muito a arbitragem de Jean Pierre Gonçalves Lima, principalmente em razão do lance que culminou com o gol do time mandante.

Com o resultado, o Ceará chega aos 30 pontos, ainda lutando contra o rebaixamento. Já o Vasco perdeu a oportunidade de entrar na briga por uma vaga na Copa Libertadores. O time carioca, que vem de cinco jogos sem derrota, tem 38.

O Vasco apostou em jogadas de velocidade para tentar surpreender o Ceará em plena Arena Castelão. Rossi criou duas boas oportunidades logo no início, mas foi na terceira que conseguiu furar a defesa rival. Richard avançou pela esquerda e cruzou. O camisa 7 completou jogando no contrapé de Diogo Silva.

Após o gol, o Vasco truncou o jogo e deixou o duelo lento. A torcida da equipe da casa começou a mostrar certa impaciência, fazendo com que o Ceará acordasse. Aos 37 minutos, Fabinho cruzou na medida para Lima. O meia cabeceou rente à trave do goleiro Fernando Miguel. O Ceará ainda tentou uma pressão no fim, mas acabou indo para o intervalo atrás do placar.

No segundo tempo, o jogo caiu ainda mais de produção. O Ceará apostou na base da superação para arrancar um empate e encontrou um Vasco, que não conseguia passar do meio-campo. No entanto, os jogadores da equipe nordestina mostraram nervosismo e erravam passes fáceis.

Precisou com que o Vasco errasse uma saída de bola para o Ceará empatar. Aos 35 minutos, Felipe Silva roubou a bola de Raul e deixou com Fabinho. O meia chutou, Fernando Miguel espalmou e Bergson marcou. O árbitro assinalou gol, após consultar o VAR, fato que originou muitas críticas dos vascaínos por entenderem que o lance foi irregular.

Após sofrer o gol, o Vasco “voltou” ao jogo, mas era tarde. O time carioca tentou novamente surpreender na velocidade, mas, desta vez, acabou parando na marcação do Ceará, que também tentou um último suspiro, mas sem sucesso.

Na próxima rodada, o Ceará enfrenta o Fluminense na quarta-feira, às 21h30, na Arena Castelão, em Fortaleza (CE). No mesmo dia e horário, o Vasco recebe o Grêmio em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).

FICHA TÉCNICA:

CEARÁ 1 x 1 VASCO

CEARÁ – Diogo Silva; Samuel Xavier, Valdo, Luiz Otávio e João Lucas; William Oliveira (Wescley), Fabinho, Ricardinho (Leandro Carvalho), Thiago Galhardo e Felipe Baxola; Lima (Begson). Técnico: Adilson Batista.

VASCO – Fernando Miguel; Yago Pikachu, Ricardo, Leandro Castan e Henrique; Richard, Bruno Gomes (Raul) e Guarín (Fellipe Bastos); Rossi, Marrony (Felipe Ferreira) e Ribamar. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

GOLS – Rossi, aos 17 minutos do primeiro tempo. Bergson, aos 35 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

CARTÕES AMARELOS – Auremir, Leandro Carvalho, William Oliveira (Ceará); Bruno Gomes, Richard e Rossi (Vasco).

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Arena Castelão, em Fortaleza (CE).

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora