Com dois gols nos acréscimos, Criciúma busca empate contra o Goiás por 2 a 2

Os quase cinco mil torcedores presentes no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC), nesta quinta-feira, viram um jogo emocionante. O…


Os quase cinco mil torcedores presentes no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC), nesta quinta-feira, viram um jogo emocionante. O Criciúma perdia por 2 a 0 até os 47 minutos do segundo tempo, mas foi buscar o empate por 2 a 2 diante do Goiás, em partida válida pela 34.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Apesar de não ganhar há cinco jogos, o Criciúma deixa o campo com um gosto de vitória e deu mais um importante passo para escapar do rebaixamento. O time catarinense tem 42 pontos. Já o Goiás amarga um jejum de três partidas e se garantiu no G4 – a zona de acesso – por mais uma rodada ao chegar aos 54, subindo para o terceiro lugar.

O empate do Criciúma nos acréscimos ofuscou a noite de gala de Lucão, que marcou duas vezes contra seu ex-clube – não comemorou – e chegou aos 16 gols, se isolando na artilharia da Série B.

As substituições feitas pelo técnico Ney Franco parecem ter surtido efeito e o Goiás dominou o Criciúma no primeiro tempo mesmo atuando fora de casa. Depois de levar perigo em dois lances, o time goiano abriu o placar aos 43 minutos. Michael acertou a trave de Luiz e o rebote sobrou para Felipe Gedoz, que cruzou rasteiro. O artilheiro Lucão completou para o gol aberto.

O Criciúma voltou melhor do intervalo e chegou a empatar no primeiro minuto, mas o atacante Zé Carlos estava impedido e o gol foi anulado pela arbitragem. Apesar dos donos da casa pressionarem, poucas bolas eram chutas em direção à meta de Marcos. Mas todas as emoções estavam guardadas para os minutos finais.

No contra-ataque, Michael rolou e Lucão ampliou para o Goiás aos 43 minutos. Quando parecia que a vitória era certa, o Criciúma foi buscar o empate. Zé Carlos diminuiu aos 47 em cobrança de pênalti e, dois minutos depois, Sandro desviou chute de Elvis para delírio dos torcedores tricolores. Após o jogo, Zé Carlos foi expulso de forma direta pelo árbitro por ter provocado o zagueiro Victor Ramos.

O Criciúma volta a campo na próxima terça-feira contra o Londrina, às 19h15, no estádio do Café, em Londrina (PR). Um dia antes, o Goiás recebe o Sampaio Corrêa, às 20 horas, no estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia. Os jogos serão válidos pela 35.ª rodada.

FICHA TÉCNICA

CRICIÚMA 2 x 2 GOIÁS

CRICIÚMA – Luiz; Eduardo, Sandro, Fábio Ferreira e Marlon; Ronaldo, Jean Mangabeira (Patrick), Gabriel (Andrew) e Alex Maranhão (Elvis); Vitor Feijão e Zé Carlos. Técnico: Mazola Júnior.

GOIÁS – Marcos; Alex Silva, David Duarte, Victor Ramos e Ernandes; Gilberto Júnior, João Afonso (Léo Sena) e Felipe Gedoz (Renato Cajá); Michael (Tiago Luis), Maranhão e Lucão. Técnico: Ney Franco.

GOLS – Lucão, aos 43 minutos do primeiro tempo; Lucão, aos 43, Zé Carlos (pênalti), aos 47, e Sandro, aos 49 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Marlon e Sandro (Criciúma); Victor Ramos, David Duarte e João Afonso (Goiás).

CARTÃO VERMELHO – Zé Carlos (Criciúma).

ÁRBITRO – Paulo Roberto Alves Júnior (PR).

RENDA – R$ 55.170,00.

PÚBLICO – 4.592 pagantes.

LOCAL – Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC).

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!