Camilo amplia contrato com a Ponte Preta e vai motivado para clássico


Na semana do 194º clássico de Campinas, a Ponte Preta confirmou a renovação do vínculo de Camilo, já regularizado no Boletim Informativo Diário (BID), até o fim de 2022, em negociação conduzida pelo executivo Gustavo Bueno. No domingo, ele deve ser titular diante do Guarani, a partir das 11 horas, no estádio Moisés Lucarelli pela 15.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. “O objetivo maior é dar tranquilidade ao atleta” confirmou Gustavo Bueno.

O contrato anterior dele válido até 30 de junho de 2020. O volante de 20 anos vive ascensão meteórica na carreira. Após bom desempenho na Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2019, apesar de eliminação na segunda fase, o garoto chamou atenção de Jorginho nos treinamentos das categorias de base.

A renovação contratual também pode ser vista como um escudo contra investidas de grandes clubes. No fim de julho, por exemplo, o lateral-esquerdo Abner foi adquirido pelo Athletico-PR por R$ 10 milhões, mediante pagamento da multa, que aliviou as finanças.

Outro “talismã” alvinegro é Ivan. O goleiro, titular absoluto desde janeiro de 2018 e com convocação à seleção brasileira de base, tem 90% dos direitos vinculados ao clube e multa de R$ 20 milhões. O camisa 1 é alvo do futebol italiano, além de ter recebido sondagens de Corinthians e Palmeiras no primeiro semestre.

Enquanto isso, o técnico Jorginho comanda treinos com portões fechados. Mas algumas mudanças são dadas como certas como as voltas dos meias Matheus Vargas e Gerson Magrão, que cumpriram suspensão automática no empate sem gols com o São Bento, na última rodada.

A venda de ingressos aos pontepretanos continua a todo vapor. Ao final da tarde, a administração confirmou a venda de 10.500 ingressos, já incluindo os retirados através do plano de sócio torcedor do clube. O jogo vai ter torcida única e a expectativa é para um público em torno de 17 mil torcedores.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora