Atlético-PR terá time reserva contra o Flamengo na rodada final do Brasileirão

O planejamento do Atlético-PR não poderia ser melhor. Depois de vencer o Fluminense por 2 a 0 no estádio do…


O planejamento do Atlético-PR não poderia ser melhor. Depois de vencer o Fluminense por 2 a 0 no estádio do Maracanã, o clube avançou para a final da Copa Sul-Americana e ainda não teve trabalho nenhum para enfrentar o Flamengo neste sábado, às 19 horas, pelo Campeonato Brasileiro, já que o jogo vai acontecer no mesmo local, no Rio de Janeiro. O técnico Tiago Nunes já adiantou que vai apostar em um time completamente reserva na 38.ª e última rodada da competição.

Apesar do time alternativo, o Atlético-PR, com 54 pontos, ainda tem chances matemáticas de terminar o ano no G6 e confirmar uma vaga na fase preliminar da Copa Libertadores da próxima temporada. Briga com o Atlético-MG, atual sexto colocado com 56, que vai receber o Botafogo.

Para terminar em sexto, o clube de Curitiba precisa vencer o Flamengo e torcer para que o Atlético-MG não ganhe do Botafogo. O time paranaense corre o risco de terminar em oitavo lugar, desde que perca para o Flamengo e o Cruzeiro, com 52 pontos, vença o Bahia, em Salvador.

O caminho mais fácil para chegar à Libertadores, neste momento, parece ser a conquista da Sul-Americana. Daí o clube garante uma vaga direta na fase de grupos. Após o jogo contra o Flamengo, a delegação se prepara para viajar para a Colômbia, onde vai enfrentar o Junior Barranquilla na quarta-feira, pelo primeiro jogo da final. A volta vai ocorrer na Arena da Baixada, em Curitiba, no próximo dia 12.

Quatro jogadores que estavam em Curitiba foram convocados de última hora para incorporar a delegação que está no Rio de Janeiro: o zagueiro Zé Ivaldo, o lateral-direito Reginaldo, o volante Matheus Rossetto e o atacante Anderson Plata. Nesta sexta-feira, todo o elenco fez um último trabalho com bola no estádio do Engenhão, casa do Botafogo, mas é provável que o treinador mantenha a base do time que empatou por 2 a 2 contra o Ceará, no domingo passado, em Curitiba.

A única baixa é o atacante Bergson, que recebeu o terceiro cartão amarelo e nem fica à disposição. Por outro lado, o volante Wellington volta de suspensão e deve brigar por uma posição no meio de campo com Camacho. Com cabeça na final, Wanderson destacou a importância do jogo contra o Flamengo: “Esse jogo do Flamengo será muito importante para nossos objetivos no Brasileiro e também para a final”.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!